Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Repsol Honda repete resultados consistentes

Repsol Honda repete resultados consistentes

Repsol Honda repete resultados consistentes

A fantástica temporada de 2006 de MotoGP voltou a produzir mais uma impressionante corrida com o resultado do Grande Prémio de Itália a ser conhecido apenas na última volta. Os pilotos da Repsol Honda Nicky Hayden e Dani Pedrosa lutaram com os homens da frente durante toda a corrida antes de acabarem por concluir com os terceiro e quarto postos, respectivamente. Hayden sai de Mugello em igualdade pontual na liderança do Campeonato do Mundo, enquanto o estreante Pedrosa se mantém num forte quarto lugar.

Depois de ter sido o mais rápido no warm-up da manhã, Hayden não fez boa partida do quarto posto da grelha e entrou numa luta a seis nas primeiras voltas. Com o desenrolar da corrida o norte-americano de 24 anos levou a cabo brilhante demonstração de agressividade controlada enquanto lutava para garantir que estava entre os primeiros nas últimas voltas. Hayden passou a meta a apeanas 0,735s do vencedor Valentino Rossi, em Yamaha, e do segundo classificado Loris Capirossi, em Ducati.

Pedrosa voltou a demonstrar o seu imenso talento ao terminar a apenas 1,272s de Hayden, depois de se deparar com as exigências de Mugello, o mais difícil de domar com uma máquina de MotoGP até ao momento. O Campeão de 250cc em título foi consistente no ritmo apresentado e assinou o terceiro melhor tempo da corrida enquanto se mantinha com os homens da frente. O jovem espanhol de 20 anos aumentou a vantagem na liderança da tabela dos Melhores Estreantes do Ano, contando agora com 21 pontos de margem sobre o australiano Casey Stoner.

A Honda lidera agora a tabela de Construtores com 32 pontos de vantagem e a Repsol Honda ocupa a primeira posição entre as Equipas com 42 pontos de margem quando o paddock de MotoGP se prepara para rumar à Catalunha, a 18 Junho.

Nicky Hayden
"Com a atmosfera e o público que aqui temos estes são dias de que realmente gostamos. Perto do final estava colado aos líderes, mas senti-me um pouco forte e pensei que podia tentar estragar-lhes a festa. Mas hoje não há desculpas – não o fiz. Fizemos várias alterações na sexta-feira, o que me ajudou muito. Agora é que a temporada começou realmente, sabemos quem vão ser os nossos rivais todos os fins-de-semana e está a começar a ficar bom. Vamos correr em algumas pistas de que gosto muito e amanhã vamos testar, o que deverá ajudar. Estou a divertir-me, mas quero mesmo ganhar algumas corridas." O motogp.com oferece-lhe uma entrevista exclusiva com o piloto norte-americano.

Dani Pedrosa
"Foi uma boa corrida para mim – estou contente com o resultado porque se trata de uma pista muito cansativa e esperava perder mais tempo para os líderes. Por isso estou contente por ter ficado apenas a dois segundos do vencedor na primeira corrida em MotoGP em Mugello. Tivemos alguns problemas com a afinação durante a corrida, especialmente nas últimas dez voltas, mas nada de sério, é algo que pode ser resolvido. Estive sempre atrás a ver o que se pensava, em vez de estar no meio da batalha. Estou desejoso por ver a corrida na TV porque sei que o Capirossi estava a escorregar muito. Fiquei em quarto e estou muito contente."

Tags:
MotoGP, 2006, GRAN PREMIO D'ITALIA ALICE, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›