Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Equipas de MotoGP ficam em Mugello

Equipas de MotoGP ficam em Mugello

Equipas de MotoGP ficam em Mugello

Depois do espectacular Alice Grande Prémio de Itália, a maior parte das formações e pilotos de MotoGP ficaram na pista transalpina para efectuarem uma sessão de testes e afinarem os seus protótipos em conjunto com os fornecedores de pneus.

Um vento ligeiro acabou por levar ao final antecipado da sessão de trabalho por volta das 16 horas locais.

Marco Melandri foi o mais rápido na pista italiana num dia em que se concentrou na maneabilidade da sua máquina. O companheiro de equipa Toni Elias testou várias soluções para os problemas que tem sentido nas últimas três corridas.

Um dos homens do pódio de Mugello, Nicky Hayden trabalhou ao lado dos seus técnicos para melhorar a aderência da Honda RC211V e passou a maior parte do tempo na pista efectuando 73 voltas. Dani Pedrosa focou-se mais no teste de pneus Michelin, contando nesta matéria com a ajuda de pilotos como Makoto Tamada.

A Ducati Marlboro também dedicou o seu tempo aos compostos de pneus e fez alguns ajustes à performance da Desmosedici GP06. A Pramac d'Antin trabalhou em conjunto com a Dunlop durante toda a sessão.

Teste de Mugello
Tempos oficiosos

1. Marco Melandri – Fortuna Hona 1'49.75
2. Nicky Hayden Hayden – Repsol Honda 1'50.1
3. Dani Pedrosa – Repsol Honda 1'50.54
4. Colin Edwards – Camel Yamaha 1'50.65
5. Valentino Rossi – Camel Yamaha 1'50.067
6. Sete Gibernau – Ducati Marlboro 1'50.70
7. Makoto Tamada – Konica Minolta 1'50.71
8. John Hopkins – Rizla Suzuki 1'50.73
9. Loris Capirossi – Ducati Marlboro 1'50.77
10. Kenny Roberts jr. – KR Honda 1'50.80
11. Chris Vermeulen – Rizla Suzuki 1'50.90
12. Shinya Nakano – Kawasaki Racing 1'51.4
13. Toni Elías – Fortuna Honda 1'51.69
14. Alex Hofmann – Pramac d'Antin 1'53.4
15. Jose Luis Cardoso – Pramac d'Antin 1'53.6

Tags:
MotoGP, 2006, GRAN PREMIO D'ITALIA ALICE

Outras actualizações que o podem interessar ›