Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pódio brilhante de Hayden em GP da Catalunha acidentado

Pódio brilhante de Hayden em GP da Catalunha acidentado

Pódio brilhante de Hayden em GP da Catalunha acidentado

O piloto norte-americano mantém a liderança do Campeonato do Mundo de MotoGP depois de ter garantido o segundo posto no acidentado Cinzano Grande Prémio da Catalunha. Um toque entre os dois homens da Ducati provocou a queda de vários pilotos, entre os quais Dani Pedrosa. Mas enquanto Gibernau, Capirossi e Melandri se viram impossibilitados de alinhar na segunda partida e a jovem estrela espanhola acabaria por desistir devido a nova queda, Nicky Hayden logrou brilhante segunda posição. Um resultado que serve para consolidar a sua liderança no topo da classificação do Mundial de MotoGP.

Hayden conseguiu escapar ao acidente da primeira curva e depois de mostrada a bandeira vermelha, o norte-americano voltou a ser muito eficaz na segunda largada para se colocar no grupo da frente sem cometer qualquer erro e distanciar-se de Roberts e Hopkins, outros dois pilotos que lutaram pelo pódio. Hayden não conseguiu apresentar argumentos para bater Rossi, mas os pontos conquistados serviram para o deixar isolado na frente da tabela. Menos positiva foi a participação de Pedrosa. Partindo muito detrás, o jovem espanhol acabou no chão numa altura em que lutava pela terceira posição depois de ter realizado magnífica recuperação.

Dani Pedrosa "Creio que não foi o meu dia. Tivemos muito azar na primeira partida, apesar de ter consciência que no fundo tive foi é muita sorte por ter saído totalmente ileso do acidente e isso é o mais importante. E também tive a sorte de poder alinha na segunda partida. Depois houve ainda alguns problemas com Vermeulen e a partida foi atrasada; creio que havia confusão demais e isso fez-me perder a concentração e ficar um pouco nervoso".

"A minha segunda partida foi má, mas consegui a calma necessária para abrir caminho pelo grupo e superar os pilotos um a um. Mas no final acabei por cair. Ainda não sei o que foi, mas não ia demasiado rápido nessa altura. Seja como for, temos de olhar para a frente, pensar na próxima corrida e tentar obter o melhor resultado."

Nicky Hayden "Claro que quero ganhar, mas estou contente por ter rodado ao ritmo a que rodei hoje já que tivemos alguns problemas durante todo o fim-de-semana. Fiz o 10º tempo no warm-up e fui 10º na sexta-feira, pelo que sabia que tinha de dar o máximo quando as luzes se apagassem no início da corrida para recuperar o maior número de posições. Estou contente por ter conseguido concretizar a minha estratégia. A primeira curva foi dramática, mas limitei-me a tentar manter a concentração, é esse o meu trabalho e felizmente parece que todos estão bem, que é o que realmente importa".

"A corrida foi do Rossi, ele tinha mais combustível no depósito e rodou a pensar nos pneus, por isso sabia que ia ser difícil manter o ritmo até final, sobretudo conforme as temperaturas iam subindo porque isso tornava a aderência cada vez mais importante. Quis ser inteligente e constante porque não me podia dar ao luxo de deixar de pontuar, mas não vai poder ser sempre assim porque também quero ganhar corridas."

Tags:
MotoGP, 2006, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, Nicky Hayden, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›