Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Camel Yamaha espera recuperar e redimir-se em Donington

Camel Yamaha espera recuperar e redimir-se em Donington

Camel Yamaha espera recuperar e redimir-se em Donington

A Camel Yamaha ruma para a terceira corrida em igual número de semanas com o objectivo de por fim a estranha sequência de corridas com a chegada do Campeonato do Mundo de MotoGP a Inglaterra este fim-de-semana. Depois do triunfo na Catalunha e duplo desapontamento da lesão de Valentino Rossi e queda de Colin Edwards na última curva em Assen, Donington Park apresenta-se como excelente oportunidade para ambos os pilotos fazerem um regresso aos bons resultados antes de merecidas duas semanas de descanso.

Rossi, em particular, está desesperadamente a necessitar de pontos depois de ter cedido ainda mais espaço a Nicky Hayden (Honda) no topo da classificação do Campeonato do Mundo. O italiano lutou com bravura para terminar em oitavo apesar de rodar com fracturas na mão e pé na Holanda, mas está agora a 46 pontos do norte-americano. Rossi já venceu por sete vezes em Donington, em todas as classes, e tem o traçado inglês como um dos seus preferidos de todo o calendário do MotoGP, mas o regresso aos lugares do pódio será tremendo desafio enquanto recupera a forma e o máximo de pontos possíveis.

"Temos muito trabalho a fazer para melhorar a situação com o meu pulso, tentar reduzir o inchasso e curar o osso o melhor possível", explica Rossi. "Seria melhor ter um mês ou dois de recuperação, mas somos pilotos e temos de seguir de uma corrida para outra, o que é uma pena. De qualquer das formas, espero melhorar o mais possível para rodar bem em Donington. É claro que não vou estar a 100%, mas temos cinco dias para melhorar. O Colin mostrou que a moto está a trabalhar muito bem, por isso espero que a moto esteja assim em Donington para nós os dois."

"Donington é como uma segunda casa para mim e espero que os fãs me dêem o habitual apoio porque preciso da ajuda deles. Tem sido uma das minhas pistas preferidas desde que lá rodei com as 125cc pela primeira vez em 1996 e tenho muito boas memórias – especialmente a minha primeira vitória nas 500cc em 2001 e as vitórias com a Yamaha nos últimos dois anos. Vai ser um grande desafio para mim estar no pódio no domingo, mas desde que a minha mão continue a melhorar ao longo da semana penso que o tentarei!"

O Grande Prémio de Inglaterra é algo por que Colin Edwards já não pode esperar. O norte-americano ruma para mais uma das suas pistas preferidas com o objectivo de fazer esquecer o desaire de Assen e conquistar a primeira vitória de MotoGP. O amigável piloto recusa-se a ficar preso à calamidade da queda na última curva na Holanda e que o colocou fora da corrida, esperando agora ter a oportunidade de voltar a soborear o champanhe em Inglaterra.

"Não posso negar que ainda estou desapontado com o que aconteceu em Assem, mas agora tenho de pôr isso atrás das costas e concentrar-me em Donington, que é uma das minhas pistas preferidas e um lugar onde sempre me dei bem", diz Edwards. "Tenho de esquecer o que aconteceu em Assen e concentrar-me no facto da minha moto ter funcionado na perfeição todo o fim-de-semana, já que estive consistentemente rápido e fazer uma grande corrida até à última curva."

"Agora temos de esperar que a situação seja a mesma em Donington porque o meu objectivo é vingar-me! Quero compensar o desapontamento da equipa e dos fãs e dar-lhes algo para voltarem a festejar. Tenho sempre muitos fãs em Inglaterra, muitos deles estiveram em Assen, por isso espero que voltem todos para me apoiarem no fim-de-semana."

Tags:
MotoGP, 2006, A-STYLE TT ASSEN

Outras actualizações que o podem interessar ›