Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kawasaki discreta em Donington

Kawasaki discreta em Donington

Kawasaki discreta em Donington

Donington Park assistiu a discreta performance da Kawasaki Racing Team com Randy de Puniet a ser o único representante da marca depois da desistência de Shinya Nakano.

De Puniet optou por um composto relativamente macio da Bridgestone para o pneu traseiro para a corrida de 30 voltas na tentativa de tirar o máximo partido de largar da segunda linha da grelha, mas o francês de 25 anos foi forçado a rever a estratégia da corrida depois de desapontante largada o fazer descer para 12º na primeira curva.

Nos momentos inciais da corrida De Puniet conseguiu acompanhar o actual lídero do Campeonato Nicky Hayden e o Campeão do Mundo Valentino Rossi, mas foi forçado a reduzir o ritmo com o aproximar do final da corrida.

"Fiz uma má partida, mais uma vez, mas na primeira metade da corrida consegui seguir o grupo do Rossi, Hayden, Edwards e Nakano, mas depois comecei a perder aderência na traseira a meio da corrida e não consegui manter o ritmo. A estratégia inicial para a corria era tentar manter-me com o grupo da frente, e por essa razão optei pelo composto traseiro mais mole. A desilusão da partida pôs tudo em causa. Tentei acompanhar o ritmo e dar máximo que podia quando o pneu começou a ficar gasto, mas creio que estava a perder um segundo por volta, o que permitiu ao Carlos Checa e Makoto Tamada apanharem-me no final. Espera melhor que o 12º posto em Inglaterra depois de treinos e qualificação tão bons, mas o meu ritmo na primeira parte da corrida era encorajador e estou contente por ter terminado mais uma prova."

Apesar dos problemas o piloto da Kawasaki parecia estar a caminho do primeiro resultado da época dentro do Top 10, mas acabou por terminar em 11º após o tardio ataque de Carlos Checa e depois de perder mais uma posição para Makoto Tamada na última volta.

Desde o início o piloto de 28 anos da Kawasaki deparou-se com problemas quando reduzia de caixa na sua Ninja ZX-RR, o que conseguiu compensar com a embraiagem, mas à 14ª volta a moto começou a perder potência de um momento para o outro e Nakano teve de abandonar a corrida.

"Desde o início da corrida que me debate com problemas na caixa de velocidades, o que tornava difícil a redução de caixa. Após algumas voltas descobri como compensar a contrariedade com a embraiagem. Dei o máximo que consegui para apanhar o grupo que estava à minha frente, mas depois senti o motor a perder potência de um momento para o outro e não tive outra opção a não ser desistir. É desapontante depois de terminar tão bem em Assen, mas agora temos de concentrar-nos na preparação da nossa próxima corrida em Sachsenring, uma jornada importante para a Kawasaki Racing Team."

Tags:
MotoGP, 2006, GAS BRITISH GRAND PRIX, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›