Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati Marlboro com razões para voltar a sorrir

Ducati Marlboro com razões para voltar a sorrir

Ducati Marlboro com razões para voltar a sorrir

O piloto da Ducati Marlboro Team, Loris Capirossi, fez uma corrida absolutamente fantástica em Brno, ao deixar todo o restante pelotão do MotoGP atrás de si, naquela que foi a sua segunda vitória de 2006. O italiano liderou de princípio ao fim, aumentando a sua vantagem para o grupo perseguidor a cada volta, até ter cerca de oito segundos de vantagem para o segundo classificado. Depois, optou por diminuir o ritmo, acabando por cruzar a linha de meta com cerca de 4,9 segundos de vantagem para Rossi. Alex Hofmann, substituindo o lesionado Sete Gibernau, teve uma corrida uma pouco mais difícil, terminando em 16º.

Esta vitória foi muito comemorada mas também deixou a equipa a pensar o que poderia ter acontecido se o Loris não tivesse sofrido uma lesão em Junho último no GP da Catalunha que o prejudicou nas corridas seguintes. Capirossi estava na liderança do campeonato antes do GP da Catalunha mas actualmente é quinto.

A Ducati Marlboro Team mantém-se em Brno a testar durante dois dias e Capirossi terá a oportunidade de experimentar pela primeira vez a moto de 2007, a GP7 de 800cc. Esta quinta vitória de Capirossi no MotoGP fez história – o ex Campeão do Mundo de 125cc e 250cc tem agora a mais longa carreira de vitória na história do MotoGP, estando em acção há mais de 16 anos. Capirossi obteve a sua primeira vitória no GP do Reino Unido de 125cc disputado em Donington a 5 de Agosto de 1990.

Loris Capirossi
"Este fim-de-semana foi incrivel para mim! Após a sexta-feira de manhã queria apanhar o avião de regresso ao Mónaco porque a moto não estava a trabalhar muito bem, mas depois disso fizemos um trabalho excelente, com muito apoio da Bridgestone.

"Disse à minha equipa que o meu sonho é fazer uma boa largada, dar o máximo durante as primeiras voltas, abrir uma vantagem e ver através da informação das boxes que a diferença para o segundo estava a aumentar. Quero agradecer do coração a toda a equipa e patrocinadores que acreditam em nós. Claro que estou triste com a má sorte que tivemos em Barcelona mas as três semanas de ferias antes desta corrida souberam bem, já que me permitiram descansar e recuperar a forma. Vim para Brno a 100%.

"Não quero falar do Campeonato do Mundo para já. Vou apenas fazer o meu melhor nas cinco corridas que faltam e vamos ver o que sucede. Vamos ficar aqui a testar. Primeiro vamos testar pneus novos na GP6, e talvez à tarde testemos a GP7 de 800cc. Esta noite sei que vou ter a ansiedade de uma criança à espera de experimentar o brinquedo novo!"

Alex Hofmann
"Claro que não ajudou o facto de não ter tido muito tempo em pista com os pneus de corrida durante os treinos. Na corrida foi como estar a lutar contra uma parede, o que quer que fizesse não conseguia melhorar. Sempre que tentava forçar o andamento quase caía, era impossível fazer melhor. A corrida foi muito disputada e o facto de se perder algumas décimas por volta faz com que se esteja de fora da discussão pelos primeiros lugares. Queria muito ter feito uma boa corrida, pelo que estou desapontado."

Livio Suppo
"Precisavamos desta vitória, e sabe muito bem voltar a estar no topo. O Loris esteve impecável. Agora estamos sempre a pensar em Barcelona, mas ainda assim não estamos fora do campeonato, sabemos que algumas das pistas que se seguem são boas para nós e como tal vamos continuar a lutar. Foi pena que o Sete não tenha podido estar aqui porque sei que teria conseguido acompanhar o Loris. De todas as formas, um agradecimento ao Loris, à equipa, à marca, à Shell Advance e à Bridgestone, que trabalhou muito para ter pneus de testes neste circuito."

Tags:
MotoGP, 2006, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›