Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati quer repetir o seu melhor resultado de sempre num GP

Ducati quer repetir o seu melhor resultado de sempre num GP

Ducati quer repetir o seu melhor resultado de sempre num GP

Após o espectacular triunfo de Loris Capirossi no GP da República Checa e com o regresso de Sete Gibernau, que se viu forçado a falhar a corrida de Brno, a Ducati Marlboro está de regresso ao pleno da sua força para atacar o GP da Malásia no circuito de Sepang.

Loris Capirossi fugiu do pelotão de forma impressionante rumo ao triunfo no GP checo, o quarto nos último 12 meses e quinto com a Ducati, colocou o italiano de novo pela luta pelo título numa altura em que faltam disputar apenas cinco rondas. Capirossi, que acabou de renovar contrato com a Ducati por mais um ano, está agora a 50 pontos do líder do Campeonato, Nicky Hayden, e a 25 do segundo classificado Dani Pedrosa.

O resultado do ano passado da Ducati Marlboro em Sepang foi o melhor da história da equipa, com Capirossi a vencer e o companheiro de equipa Carlos Checa a terminar em terceiro. É assim de extrema importância que o companheiro de Capirossi, Sete Gibernau, regresse à acção em Sepang depois de mais uma operação à clavícula fracturada na Catalunha em Junho passado. Gibernau deverá querer fazer forte regresso num circuito que é favorável à Desmosedici e aos pneus Bridgestone. Na quarta-feira 30 de Agosto o catalão foi recebido pelos médicos, Xavier Mir e Ignacio Ginebreda, que têm acompanhado a recuperação da lesão. Os vários exames médicos efectuados na clínica universitária Dexeus revelaram que a recuperação está a correr bem e ambos os médicos confirmaram que Sete pode alinhar no GP da Malásia.

Loris Capirossi

"Sepang vai ser mais um grande fim-de-semana para nós. Todos falam do campeonato, mas eu não o quero fazer ainda. O que posso dizer é que vou dar o meu melhor nestas últimas corridas e depois vemos o que acontece. Tal como em Brno, Sepang é mais uma boa pista para nós e para a Bridgestone. O ano passado foi muito bom para nós – polé position e vitória na corrida – por isso vamos tentar tudo para repetir a dose. Gosto muito de Sepang, é um traçado fantástico, muito largo e com algumas curvas rápidas, por isso é muito bom para pilotar e para grandes lutas. É claro que o tempo é muito quente, mas não me importo de pilotar no calor, é por isso que treinamos tão arduamente. O mais importante em Sepang é encontrar os melhores pneus de corrida. O calor e o desenho da pista fazem com que os pneus sofram muito, por isso vai ser necessário muito trabalho em conjunto com a Bridgestone para se encontrar a melhor borracha para a corrida. As próximas semanas vão ser muito excitantes para mim e para todos os que estão envolvidos com a equipa. Além disso, já estou muito excitado com 2007 uma vez que vou continuar com a Ducati! Já pilotei a nova GP7 em Brno e a primeira impressão é positiva. A moto é muito agradável de pilotar e faz um excelente barulho, mas é claro que ainda temos muito trabalho a fazer."

Sete Gibernau

"Os resultados de todos os exames a que me submeti foram positivos e encontrámos o problema de falta de força no meu braço esquerdo depois da operação. Parece que havia um problema com o nervo, mas não houve qualquer lesão e resolveu-se tudo com fisioterapia nessa área para uma total recuperação e com algum trabalho com a equipa para encontrar a melhor posição possível para a barra de direcção da moto. Estou muito contente por correr no próximo GP e vou para a Malásia muito optimista e por isto queria agradecer à equipa por ter estado sempre próxima em todos os momentos. Estivemos em Sepang na pré época a testar e isso deve ajudar-nos, mas também é preciso ter em conta a vitória do Loris no ano passado e agora em Brno, que fazem o espírito da equipa estar muito alto e estou contente por me voltar a juntar a eles. Já não consigo esperar mais por voltar à acção!"

Livio Suppo, director do projecto Ducati MotoGP

"É claro que ficámos mesmo muito contentes com a vitória do Loris em Brno, especialmente porque nos faz entrar nas últimas cinco corridas com grande entusiasmo. O Loris fez uma corrida incrível e a moto e pneus estiveram também muito fortes. Agora vamos para Sepang e depois Phillip Island e Motegi, pistas que foram muito boas para nós no ano passado. Vamos concentrar todas as nossas energias na repetição desses grandes resultados. Os envolvidos neste projecto nunca param de trabalhar para tornarem as coisas melhores, por isso, mesmo tendo ganho em Brno, a Bridgestone deu-nos novos pneus para o dia de testes que se seguiu, o que nos deu ainda mais confiança. Também vamos voltar a contar com o Sete, o que é bom para toda a equipa. Esperamos que a lesão não lhe cause mais problemas e que possa fazer um grande regresso à acção em Sepang para completar a temporada em alta."

Tags:
MotoGP, 2006, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE G.P.

Outras actualizações que o podem interessar ›