Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Malásia dá início a exigente sequência de três corridas para a Kawasaki

Malásia dá início a exigente sequência de três corridas para a Kawasaki

Malásia dá início a exigente sequência de três corridas para a Kawasaki

A Kawasaki Racing Team ruma para o Extremo Oriente esta semana, bem como para uma sequência de três provas em igual número de fins-de-semana, começando com o Grande Prémio da Malásia em Sepang, e seguindo depois para o GP da Austrália em Phillip Island antes de terminar a tournée asiática com o GP do Japão em Motegi.

É uma agenda muito exigente para pilotos e equipas, com Sepang a revelar-se como a prova mais dura em termos físicos e de resistência para os pilotos da Kawasaki Shinya Nakano e Randy de Puniet, tudo devido às elevadas temperaturas e humidade relativa que se costumam sentir no circuito malaio.

Mas os dois homens da Kawasaki vão para o GP da Malásia deste fim-de-semana apostados em boa performance e confiantes que centenas de voltas de testes durante o Inverno no 5,548 km de Sepang vão ser uma grande ajuda para os primeiros treinos livres de sexta-feira de manhã.

Para Shinya Nakano, as duas sessões de treinos de sexta-feira vão dar-lhe a primeira oportunidade de rodar com o revisto motor e sistema de escape da Ninja ZX-RR, desenhados pelos engenheiros da Kawasaki no Japão com o intuito de melhor o binário em baixa, bem como aumentar a potência no limite do regime – características essenciais no circuito de Sepang.

O nipónico de 28 anos considera Sepang como uma das suas pistas preferidas e está confiante que a mais recente especificação da Ninja ZX-RR vai dar-se bem com as características do traçado: rápido, mas com zonas técnicas. O piloto da Kawasaki ruma para a Malásia a partir de casa, no Japão, e determinado em assegurar bom resultado para a Kawasaki enquanto se prepara para correr em casa dentro de três semanas.

O companheiro de equipa de Nakano, Randy de Puniet, tem tido uma missão nas últimas semanas: melhorar a sua performance de qualificação e de corrida. O gaulês de 25 anos melhorou na qualificação em Brno depois de ter recuperado a confiança nos pneus Bridgestone de qualificação super aderentes durante os treinos livres e a bem sucedida sessão de testes de partida que levou a cabo durante o dia de testes que se seguiu à prova significa que De Puniet vai muito determinado para o Extremo Oriente.

O estreante da Kawasaki gosta dos desafios oferecidos pelo circuito de Sepang, local onde levou a cabo três testes bem sucedidos aos comandos Ninja ZX-RR durante o Inverno. E as exigentes condições de Sepang não deverão assustar De Puniet que é um dos pilotos fisicamente melhor preparado de toda a grelha de MotoGP.

Shinya Nakano:
"Sepang é claramente uma das minhas pistas preferidas e que conheço muito bem depois de tantas voltas nos testes de Inverno. Já consegui bons resultados em Sepang e o facto de irmos para a Malásia com tantos dados dos testes significa que estou muito confiante antes desta corrida. A Ninja ZX-RR já se adaptava muito bem às características de Sepang, mas agora revimos o motor e o sistema de escape para avaliarmos durante os treinos livres, e isto pode dar-nos significativa vantagem durante o fim-de-semana. De forma geral estou desejoso por correr na Malásia e espero conseguir bom resultado aqui e na Austrália, e continuar com bom ritmo até ao meu Grande Prémio em Motegi."

Randy de Puniet:
"Completámos três testes de Inverno bem sucedidos em Sepang, por isso conheço bem a pista. É claro que todos conhecem bem a pista porque todas as equipas de MotoGP estiveram aqui ao mesmo tempo. Mas gosto do circuito e o facto de termos encontrado boa afinação para a Ninja ZX-RR durante o nosso último teste em Sepang em Fevereiro deve ser-nos favorável quando começarmos os treinos na sexta-feira."

"Penso que é possível conseguir bom resultado na Malásia, mas tenho de trabalhar muito as minhas partidas. Tenho perdido várias posições nas largadas das últimas corridas e depois sou forçado a tentar recuperá-los durante a corrida. Trabalhei um pouco neste ponto durante os testes que se seguiram à corrida de Brno, por isso estou confiante para esta primeira de três provas fora da Europa."

Tags:
MotoGP, 2006, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE G.P., Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›