Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mika Kallio: "Tudo é possível"

Mika Kallio: 'Tudo é possível'

Mika Kallio: "Tudo é possível"

Mika Kallio agarra-se à matemática para continuar a acreditar nas possibilidades de conquistar o título de Campeão do Mundo de 125cc. Apesar do abismo que o separa do líder, Álvaro Bautista, o finlandês tem o resto do campeonato para esgotar todas as opções possíveis. O piloto da Red Bull KTM falou com o motogp.com em exclusivo e damos-lhe agora a oportunidade ficar a saber tudo.

P: Ficaste afectado com a corrida de Brno em que perdeste a vitória por meros milésimos?
R: Não, não teve nenhum efeito especial. Estou tranquilo porque sei que fiz boa prova e dei tudo o que tinha, mas desta vez não foi suficiente.

P: As três corridas que tens pela frente vão ser decisivas para a luta pelo título?
R: Sem dúvidas. O Bautista garante o título se somar mais pontos que eu. Mas ainda penso que tudo é possível, pelo que vou lutar ao máximo para tentar ser eu a ganhar os pontos. Neste momento não penso no título, só me interessa lutar pelo triunfo nas corridas que faltam.

P: O que pensas dos circuitos que vamos ter agora?
R: Sempre me dei bem na Malásia. Foi lá que consegui o primeiro pódio em 2003. Adapta-se bem ao meu estilo e à nossa moto. Gosto da pista australiana, mas o vento tem-nos dado muitas dores de cabeça nos últimos anos, mas isto é igual para todos. Já de Motegi não gosto tanto, isto apesar de de ter ganho no ano passado. Mas tem muitos pontos de travagem e foi aí que eu e a minha moto nos mostrámos muito competitivos.

P: Estás satisfeito com os últimos desenvolvimentos da KTM, estás mais perto das Aprilia?
R: Fizemos um grande desenvolvimento na moto, mas os outros também trabalharam muito bem, pelo que creio que estaremos Numa situação similar. As diferenças entre as motos e pilotos são pequenas, pelo que o mais importante é encontrar boa afinação desde sexta-feira de manhã.

P: Como está a tua próxima temporada?
R: Estou muito concentrado neste Mundial, mas também estou muito tranquilo e satisfeito com o futuro. A moto de 250cc está a ter grandes desenvolvimentos e acredito que vai estar muito competitiva no próximo ano. No final da temporada passada assinei por mais dois anos com a Red Bull KTM. O plano era continuar mais ano nas 125cc e passar para as quarto de litro em 2007.

Tags:
125cc, 2006, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE G.P.

Outras actualizações que o podem interessar ›