Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Declarações dos três primeiros classificados em MotoGP

Declarações dos três primeiros classificados em MotoGP

Declarações dos três primeiros classificados em MotoGP

Toni Elias, Fortuna Honda – 1º classificado "É como viver um sonho. É a minha primeira vitória num grande prémio e o primeiro pódio da minha carreira. Sonhei com isto muitas vezes. Nunca acreditei que fosse possível aqui mas comecei bem, tive sorte com os incidentes e depois de ficar atrás do Colin algum tempo comecei a sentir que era mais rápido do que ele. Se conseguisse passá-lo talvez pudesse ir atrás do Rossi. Acreditei e foi o que fiz. Depois de passar o Rossi na primeira vez fiquei nervoso porque tinha dois campeões atrás de mim! Quando o Rossi me passou na última volta eu pensei que já não iria conseguir porque perdia sempre algum tempo naquele local. Concentrei-me muito na última curva, saí melhor e passei à frente na linha de meta. Estou muito feliz!".

Valentino Rossi, Camel Yamaha – 2º classificado "Foi uma corrida difícil mas divertida. Perder por tão pouco é sempre desagradável mas quanto à corrida, fiz uma boa partida e ganhei vantagem. Quando vi que o Hayden estava fora da corrida pensei se devia manter um ritmo forte ou abrandar e controlar a corrida. Com a mudança do tempo consegui ser constante mas não tão rápido como o Toni porque a afinação não era a melhor. Tentei não arriscar muito mas ataquei na chicane, e passei, mas depois já na chegada o Elias passou primeiro. O Colin ajudou-me mais do que o Pedrosa ao Hayden! Agradeço-lhe e tenho pena que ele não tenha vindo ao pódio. "

Kenny Roberts, Jr, Team Roberts– 3º classificado "A três voltas do fim, estava atrás do Rossi e pensei que era a última volta mas afinal ainda faltavam quatro! Eu tinha-me enganado, pensava que ia ver a bandeira de xadrez e bloqueei a saída da parabólica, foi quando eles chegaram em cima de mim na recta e passaram na curva 1. Só posso queixar-me de mim próprio. Foi uma corrida dura e provavelmente os incidentes ajudaram-me mas o ritmo estava muito bom. Melhorámos a moto, que hoje estava muito equilibrada. Este pódio é bom para mim e para a equipa. Vou tentar chegar ao pódio em Valência e, se continuar a correr como quero, julgo que no próximo ano posso lutar pelo título."

Tags:
MotoGP, 2006, bwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›