Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barros de olhos em vitórias no regresso ao MotoGP

Barros de olhos em vitórias no regresso ao MotoGP

Barros de olhos em vitórias no regresso ao MotoGP

Depois de ter anunciado esta semana a assinatura de contrato com a Pramac d'Antin para 2007, Alex Barros deu entrevista exclusiva ao motogp.com onde falou da surpreendente mudança. O brasileiro explicou a decisão de regressar ao campeonato que deixou em 2005 e mostrou particularmente contente com os benefícios que as regras das novas 800cc vão trazer.

"A Ducati comprometeu-se a ajudar o projecto, as pessoas dentro da equipa mudaram e, apesar das motos também terem de mudar, espero que as diferenças sejam pequenas. Toda a aventura da Pramac d'Antin deverá ser mais bem sucedida na próxima época, uma vez que vão ter máquinas muito mais similares às de fábrica."

As notícias do regresso de Barros chegaram esta semana e o processo de decisão foi relativamente curto para o experiente piloto.

"Comecei a falar com a equipa no início deste mês. Falei com o dono da Pramac, Paolo Campinoti, e foi a partir daí que tudo começou. Espero, no próximo ano, conseguir melhores resultados para a equipa que em 2005 e esse é claramente o meu objectivo. É claro que tenho de avaliar o material com que vou trabalhar, a moto tem de ser testada, etc., mas estou confiante que serei capaz de rodar bem e estou mesmo apostado em pelo menos uma vitória."

"A época de 2005 começou bem, esperava um final melhor, mas não foi assim e passei para as Superbikes. Estava numa boa equipa nas SBK e mesmo quando não estava a correr estava a treinar, por isso não foi uma paragem de um ano. Espero conseguir retomar onde deixei em 2005 com a equipa do Sito Pons e não vejo isso, nem a minha idade como um problema."

Apesar de ter estado fora do MotoGP esta temporada, Barros tem-se mantido ocupado e não considera que seja um problema entrar no ritmo.

"Foi difícil adaptar-me às SBK. Uma máquina de MotoGP é muito mais fácil de controlar que uma Superbike e esta adaptação deve ser mais complicada que passar de uma 990cc para uma 800cc. Com as novas motos temos menos potência que o habitual, o que nunca é um problema em termos de controlo da moto. Penso que as novas regras vão favorecer principalmente os pilotos provenientes das 250cc."

"Aos meus fãs quero dizer que estou contente por estar de regresso ao Campeonato do Mundo, a Ducati está muito apostado no projecto e quero igualar ou melhorar os resultados que tinha antes de sair, quando rodava com a Honda Pons."

Tags:
MotoGP, 2006, Alex Barros

Outras actualizações que o podem interessar ›