Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Tempo instável e desenvolvimentos variados no 1º dia de testes em Sepang

Tempo instável e desenvolvimentos variados no 1º dia de testes em Sepang

Tempo instável e desenvolvimentos variados no 1º dia de testes em Sepang

Foram vários os pilotos que atacaram a pista de Sepang hoje sobe forte calor no arranque da segunda sessão de testes de pós época que se desenrola ao longo dos próximos dias. A elevada humidade que se fez sentir foi quebrada por forte chuvada à hora do almoço, apesar das temperaturas se terem mantido desconfortáveis para os pilotos nesta continuidade do desenvolvimento das 800cc. Os trabalhos centraram-se principalmente no desenvolvimento dos pneus e afinações, se bem que houve ainda alguns pilotos a rodarem nas 990cc do ano passado.

Os primeiros a atacarem a pista foram os homens da Rizla Suzuki, liderados pelo piloto de testes Nobuatsu Aoki, seguindo-se os oficiais John Hopkins e Chris Vermeulen. A Suzuki somou muitas voltas com a nova GSV-R, batendo toda a concorrência nesta matéria no primeiro dia de testes.

Outro piloto a trabalhar arduamente foi Colin Edwards, que testou e hoje e termina o trabalho amanhã. Com Valentino Rossi a caminho da Nova Zelância para alinhar no Mundial de Ralis, Edwards contou com a colaboração dos pilotos de testes Wataru Yoshiwaka e Norohiko Fujiwara enquanto se adaptava à Yamaha 800cc oficial. Em declarações depois do primeiro dia de trabalho, Edwards explicou que "as primeiras impressões da 800cc são positivas, e estou confortável com a moto. O facto de ser o Valentino a dizer a direcção que devemos tomar em termos de desenvolvimento não é nada de novo, por isso estou apenas a adaptar-me a isso e ajudar de qualquer forma possível."

Os representantes da Honda foram o Campeão do Mundo Nicky Hayden, o piloto de testes da HRC Tadayuki Okada e os espanhóis Toni Elias e Carlos Checa. Estes dois estrearam-se aos comandos da 800cc, apesar de terem efectuado poucas voltas em Sepang. Marco Melandri e Dani Pedrosa falharam a sessão por estarem a recuperar às operações a que foram submetidos aos braços, contudo, a ausência não afectou o plano de testes na Malásia.

Analisando o dia de trabalho, Checa referiu que um pequeno problema com a Honda RC212V roubou valioso tempo de teste, sem esquecer a chuva. Mesmo assim, o experiente espanhol mantém-se optimista e disse ao motogp.com que "começar um novo projecto é sempre bom e estar com a Honda e ter a minha equipa por trás é muito tranquilizador e estimulante ao mesmo tempo. Não há dívidas que temos tudo o que é necessário para apostarmos alto na próxima temporada."

Elías era um dos pilotos que mais desejoso estava por testar, e apesar de ter efectuado apenas 12 voltas, conseguiu fazer uma primeira apreciação da Honda 800cc: "É realmente uma grande mudança em relação à moto do ano passado. Gostei da combinação moto/pneus, por isso espero que continue assim", comentou o piloto da Gresini.

Makoto Tamada também fez a sua primeira aparição pós época, juntando à Yamaha Tech 3 no debute com a sua nova formação. Último a atacar a pista, Tamada teve pouco tempo para efectuar voltas ao traçado de Sepang antes de começar a chover, o que levou a pequena inundação na curva 3.

A Kawasaki pregou uma partida a todos os que esperavam ver os seus pilotos de testes aos comandos da Ninja 800cc, apresentando o piloto oficial Olivier Jacque na moto do ano passado. O francês tinha solicitado a utilização da 990cc para o ajudar a regressar à acção no MotoGP depois de longa ausência.

Teste de Sepang Dia 1

Tempos oficiosos

1.Colin Edwards – 2'05.56 – 32
2.Chris Vermeulen – 2'03.9 – 24 voltas
3. John Hopkins – 2'04.0 – 38 voltas
4. Olivier Jacque – 2'04.02 – 28 (na 990cc)
5. Nicky Hayden – 2'04.69 – 32
6. Toni Elias – 2'05.02 – 14
7. Makoto Tamada – 2'05.06 – 30 (na 990cc)
8. Tadayuki Okada – 2'05.98 – 23
9. Carlos Checa – 2'11.0 – 10

Tags:
MotoGP, 2006

Outras actualizações que o podem interessar ›