Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Era Yoda começa para a Kawasaki em Sepang

Era Yoda começa para a Kawasaki em Sepang

Era Yoda começa para a Kawasaki em Sepang

A ligação francesa da Kawasaki atacou a pista pela primeira vez este ano durante o dia de hoje em Sepang, com a formação a preparar-se, bem como à Ninja ZX-RR, para a temporada de 2007. Além de ser o primeiro teste da máquina verdade após a paragem obrigatória, o presente teste na Malásia também marca a primeira aparição da Kawasaki em pista desde que começou a tratar das operações do mundial "em casa" em Novembro passado. A partida de Harold Eckl, substituído pelo Director de Corrida e antigo responsável pelo desenvolvimento da Yamaha M1 Ichiro Yoda, assinala nova era para a equipa nipónica que vai ter de trabalhar arduamente para ultrapassar as falhas de anteriores temporadas.

Todos os envolvidos estão excitados com o novo desafio, com Randy de Puniet e Olivier Jacque ambos desejosos por voltarem a testar e com pontos a provar.

"Depois de quase dois meses longe da moto já não posso esperar por voltar a rodar", comentou o jovem piloto que vai realizar a segunda temporada na categoria rainha. "Testei a nova moto apenas por breves momentos no final do ano passado, mas foi o suficiente para compreender que é uma máquina muito diferente da 990cc com que corri em 2006 e que as exigências são totalmente diferentes em termos de pilotagem para conseguirmos tirar o melhor partido dela. Não creio que tenha problemas de adaptação às características da 800cc Ninja ZX-RR, mas penso que vou confirmar isso nos próximos três dias. É claro que quero terminar o teste perto dos mais rápidos, mas ficarei relativamente contente se sair de Sepang com boa afinação base e melhor entendimento de como tirar o melhor partido da moto neste traçado."

O companheiro de equipa Olivier Jacque está bem consciente do trabalho envolvido no desenvolvimento da Kawasaki, isto porque nas temporadas anteriores desempenhou as funções de pilotos de testes. A oportunidade de recolher os louros do trabalho efectuado será, certamente, uma motivação extra para 2007.

"É bom estar de regresso ao MotoGP a tempo inteiro com a Kawasaki e estou mesmo desejoso pela temporada que temos pela frente", comentou Jacque. "Para este teste vamos concentrar-nos em encontrar uma boa afinação de base para a nova moto, mas isto será também a primeira vez que trabalharei com o meu novo chefe de equipa, Fiorenzo Fanali, por isso será a oportunidade ideal para nós dois e para encontrarmos a melhor forma de trabalharmos em conjunto. Como disse, a moto é nova, por isso teremos de identificar os pontos fracos e fortes da nova Ninja ZX-RR para que possamos passar esta informação para os engenheiros de desenvolvimento no departamento de competição da Kawasaki no Japão. A minha primeira impressão da moto, quando a testei em Novembro, é que é mais parecida com a 250cc em termos de sensação, mas com muito mais potência. Durante os próximos três dias tenho de apurar essa avaliação para entendermos como poderemos tirar partido das características únicas da 800cc."

O homem que lidera o projecto, Ichiro Yoda, explica os objectivos da equipa para os próximos dias.

"O facto de estarmos aqui em Sepang e prontos para começarmos a nova temporada deve-se ao trabalho árduo de todas as pessoas envolvidas no projecto Kawasaki MotoGP. Os elementos da nossa equipa na Europa cooperaram de forma muito próxima para garantirem que temos a infra-estrutura necessária para suportar as nossas actividades de competição, enquanto os engenheiros da Kawasaki no Japão trabalharam muitas horas para desenvolverem a nossa nova 800cc ZX-RR para que seja um pacote competitivo desde o início da temporada. Esta cooperação entre muitos elementos que fez a família Kawasaki produziu uma equipa forte que estou certo vai dar os seus frutos no futuro. Agora temos de nos concentrar no próximo mês de testes se queremos tirar todo o potencial da 800cc para estar pronta para a primeira corrida no Qatar. Os objectivos para os próximos três dias são claros. Primeiro temos de encontrar uma afinação base na nova moto que satisfaça ambos os pilotos e depois vamos começar o processo de melhoramentos baseado nas respostas dos pilotos e análise dos dados retirados da moto. Nesta fase da época a nossa prioridade tem de ser o desenvolvimento, mas não vejo motivos para não almejarmos um bom resultado na tabela de tempos no final destes três dias."

Tags:
MotoGP, 2007, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›