Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden e Pedrosa no topo das tabelas de tempos em Phillip Island

Hayden e Pedrosa no topo das tabelas de tempos em Phillip Island

O Campeão do Mundo Nicky Hayden foi o piloto em destaque no terceiro e último dia de trabalho, encabeçando as tabelas de tempos com o melhor tempo dos três dias de testes.

A excursão de pré época de MotoGP à Austrália terminou hoje com a maioria das equipas da categoria rainha a concluírem os três dias de testes em Phillip Island. Os pilotos da Ducati, Honda, Team KR e Suzuki têm estado a trabalhar com as 800cc desde terça-feira, tendo como objectivo a recolha de informações importantes e adquirirem o máximo de experiência possível antes do início da temporada de 2007 no Qatar, a 10 de Março.

O Campeão do Mundo Nicky Hayden foi o piloto em destaque no terceiro e último dia de trabalho, encabeçando as tabelas de tempos com o melhor tempo dos três dias de testes. Apesar de ter admitido no início da semana que ainda era necessário proceder a adaptações na moto para ir ao encontro das suas características físicas, o Kentucky Kid não pareceu ter problemas com a RC212V no último dia de trabalho ao rodar em 1m29,52s e dando à Repsol Honda a primeira liderança nas tabelas de tempos de 2007.

Depois do domínio da Ducati ontem, o dia de hoje assistiu a um inversão, com os dois pilotos de fábrica da Honda a ditarem o ritmo. O companheiro de equipa de Hayden, Dani Pedrosa, ficou apenas a dois décimos de segundo do norte-americano e a dupla da marca nipónica foi a única a quebrar a barreira do segundo 30.

Loris Capirossi e o piloto da casa Casey Stoner rodaram em tempos similares aos de ontem, trabalhando com os pneus de qualificação da Bridgestone. A Ducati Marlboro e a Pramac d'Antin ficaram muito próximos nas tabelas de tempos, com Capirossi e Stoner a serem apenas ligeiramente mais rápidos que Alex Hofmann e Alex Barros. O veterano brasileiro foi o mais lesto nos dois primeiros dias na Austrália e o melhor de todos os pilotos aos comandos das Desmosedici GP7, mostrando que a marca italiana estará muito competitiva em 2007. A Ducati Marlboro deu os trabalhos por concluídos em Phillip Island por volta das 14 horas locais.

Carlos Checa da LCR Honda retirou quatro décimos ao tempo de ontem e, por sorte, não teve problemas com as gaivotas hoje. O espanhol foi uma das vítimas dos voos rasantes dos pássaros na quarta-feira, o que contribuiu para a apresentação da bandeira vermelha durante a sessão. Checa foi mais rápido que Toni Elias, da Gresini Honda, com o piloto da casa da Rizl Suzuki, Chris Vermeulen, a não conseguir encontrar forma de levar a GSV-R800 mais acima na tabela de tempos numa pista que normalmente não lhes é favorável. O australiano terminou à frente de Marco Melandri e do companheiro de equipa John Hopkins a mais de um segundo do tempo de Hayden, com Shinya Nakano e Kenny Roberts Jr a fecharem a lista.

Enquanto as equipas que estiveram em Phillip Island vão fazer breve e merecida paragem antes dos Testes Oficiais de MotoGP no Qatar a 13 de Fevereiro, as que não marcaram presença na Austrália vão reatar o trabalho na segunda-feira em Sepang. A Yamaha de fábrica, bem como a satélite Tech 3, vão estar em pista ao lado da Kawasaki Racing, isto além de se registar a primeira presença da Ilmor fora da Europa.

Teste de MotoGP de Phillip Island Test: Dia 3
Tempos Oficosos

1. Nicky Hayden- Repsol Honda 1'29.52
2. Dani Pedrosa-Repsol Honda 1'29.72
3. Loris Capirossi-Ducati Marlboro 1'30.149
4. Casey Stoner-Ducati Marlboro 1'30.206
5. Alex Hofmann-Pramac d'Antin Ducati 1'30.21
6. Alex Barros-Pramac d'Antin Ducati 1'30.43
7. Carlos Checa-Honda LCR 1'30.46
8. Toni Elias-Gresini Honda 1'30.5
9. Chris Vermeulen- Rizla Suzuki 1'30.72
10. Marco Melandri-Gresini Honda 1'30.80
11. John Hopkins- Rizla Suzuki 1'30.80
12. Shinya Nakano-Konica Minolta Honda 1'30.97
13. Kenny Roberts JR-Team Roberts 1'31.10

Tags:
MotoGP, 2007, Nicky Hayden, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›