Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pol Espargaró: A força da juventude

Pol Espargaró: A força da juventude

A equipa Belson Aprilia Campetella, que se apresentou ontem em Madrid, chega ao Campeonato do Mundo de 125cc como uma clara aposta na juventude. Pol Espargaró, com apenas 15 anos, será o porta-estandarte deste projecto que aglutina as vontades de uma empresa nova no mundo das duas rodas, como é o caso da Campetella Racing, uma formação que ao longo da sua história se tem destacado por dar a oportunidade a jovens valores.

A equipa Belson Aprilia Campetella, que se apresentou ontem em Madrid, chega ao Campeonato do Mundo de 125cc como uma clara aposta na juventude. Pol Espargaró, com apenas 15 anos, será o porta-estandarte deste projecto que aglutina as vontades de uma empresa nova no mundo das duas rodas, como é o caso da Campetella Racing, uma formação que ao longo da sua história se tem destacado por dar a oportunidade a jovens valores.

Há poucos meses Pol Espargaró era um diamante em bruto, um dos jovens pilotos que estava a crescer com o apoio do RACC. O seu início no CEV 2006 foi fulgurante, chegando a somar cinco triunfos. A 10 de Junho de 2006 completou 15 anos e oito dias mais tarde no Circuito da Catalunha foi 13º na corrida de 125cc, tornando-se no piloto mais jovem da história a conquistar pontos num Grande Prémio do Campeonato do Mundo.

As boas prestações no nacional abriram as portas do mundial antes do previsto. Pol Espargaró converteu-se num nome permanente nas provas continentais a partir de Agosto no circuito checo de Brno. A partir desse momento ficou a saber que o mais duro estava ainda por chegar. Em Outubro tornou-se no novo Campeão de Espanha de 125cc e só por um dia não bateu o recorde do seu irmão Aleix, que continua a ser o mais jovem vencedor do CEV de sempre.

A temporada terminou com as duas faces da moeda. No Grande Prémio da Comunidade Valenciana, jornada de fecho do mundial, chegou a estar em segundo e acabou numa sensacional sexta posição, o seu melhor resultado a nível internacional. O pior surgiu na prova de fecho do nacional quando sofreu uma queda que provocou a fractura da mão direita.

O que ainda há pouco era um sonho, é agora uma realidade. Pol Esprgaró está no Campeonato do Mundo e dá assim início a nova etapa na sua ainda curta carreira.

Belson Aprilia Campetella Racing Press

Tags:
125cc, 2007

Outras actualizações que o podem interessar ›