Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista: "É preciso continuar a testar o novo chassis."

Bautista: 'É preciso continuar a testar o novo chassis.'

Depois da conclusão dos Testes Oficiais de Jerez para os pilotos das 250cc, Álvaro Bautista valorizou o trabalho dos dois dias de testes no circuito espanhol. Apesar da chuva ter prejudicado os planos iniciais de equipas e pilotos no segundo e último dia, Bautista completou um total de 32 voltas e, como no primeiro dia, concentrou-se na análise do novo chassis da Aprilia.

Depois da conclusão dos Testes Oficiais de Jerez para os pilotos das 250cc, Álvaro Bautista valorizou o trabalho dos dois dias de testes no circuito espanhol. Apesar da chuva ter prejudicado os planos iniciais de equipas e pilotos no segundo e último dia, Bautista completou um total de 32 voltas e, como no primeiro dia, concentrou-se na análise do novo chassis da Aprilia.

"Estive a comparar o chassis do ano passado com este novo para ver as diferenças. Creio que encontramos uma boa linha de trabalho para seguirmos nos próximos testes", explicou o piloto espanhol.

"A entrada nas curvas parece-me ser mais fácil, a travagem também é algo mais estável que com o chassis do ano passado que chegava mesmo a vibrar um pouco nas curvas. O pior deste novo chassis é a resposta da traseira. Quando se acelera move-se muito e é difícil manter a moto quieta. Temos de trabalhar nisso", refere o piloto do Team Aspar.

Nesta entrevista com o motogp.com Bautista adianta ainda que vai continuar a trabalhar com o novo chassis no próximo teste do Qatar com o objectivo de avaliar a utilização do mesmo nesse traçado aquando da primeira corrida da temporada.

Tags:
250cc, 2007, Alvaro Bautista

Outras actualizações que o podem interessar ›