Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi: "Não tenho muitas mais temporadas pela frente"

Capirossi: 'Não tenho muitas mais temporadas pela frente'

O vencedor da prova de abertura da temporada passada, Loris Capirossi, ruma para o Qatar com a esperança de repetir o fantástico início de época apresentado em 2006. O italiano alinha de novo aos comandos de uma Ducati de fábrica, e agora com Casey Stoner, o homem da pole do Qatar no ano passado, a seu lado.

O vencedor da prova de abertura da temporada passada, Loris Capirossi, ruma para o Qatar com a esperança de repetir o fantástico início de época apresentado em 2006. O italiano alinha de novo aos comandos de uma Ducati de fábrica, e agora com Casey Stoner, o homem da pole do Qatar no ano passado, a seu lado. Antes do Commercialbank Grande Prémio do Qatar, Capirossi revelou a importância que a temporada 2007 tem para si.

"Este ano é muito importante para mim porque sei que não tenho muitos mais pela frente, talvez um, ou dois, ou um pouquinho mais, mas não tenho a certeza. Por isso estou mais determinado que nunca a dar o meu melhor e a primeira corrida vai ser muito importante", explicou o veterano transalpino. "Foi muito bom podermos testar no Qatar há poucas semanas. Fizemos boa preparação durante esse teste e algumas simulações positivas, por isso penso que estamos prontos para lutar pelo pódio nesta corrida. A pista está boa para o nosso estilo de moto e pneus. Temos de nos sentir bem com a frente da moto nesta corrida, por isso trabalhámos muito no Qatar. Também é necessária boa agilidade para as mudanças de direcção - e a GP7 é mais ágil que a GP6 do ano passado."

Stoner teve uma das melhores participações da temporada de estreia em Losail, largando da pole e terminando em quinto apesar de estar algo adoentado. O australiano está confiante que este ano pode fazer ainda melhor com a 800cc.

"Não podia estar mais contente com a equipa, damo-nos todos bem e a moto tem melhorado em todos os testes. Parece estar muito competitiva e os pneus também estão bons. Os testes feitos no Qatar no mês passado foram muito positivos, por isso estou muito confiante para a corrida. Fiz boas corridas aqui no passado, por isso deve ser uma boa pista para nós. Estivemos bem com os pneus no teste, rodámos a bom ritmo de corrida. O único problema no Qatar é o piso, pode variar muito, num dia a pista está rápida, no outro pode ser muito lenta. Não é a pista mais excitante, é muito plana, com pouco camber nas curvas, e a maior parte das curvas são fluídas. Mas pode ser boa para correr, normalmente há umas lutas interessantes na frente."

Tags:
MotoGP, 2007, Commercialbank GRAND PRIX OF QATAR, Loris Capirossi

Outras actualizações que o podem interessar ›