Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo ganha em corrida imprópria para cardíacos

Lorenzo ganha em corrida imprópria para cardíacos

As emoções da corrida de 250cc disputada ao início desta tarde em Jerez foram mais que muitas, com o resultado final a ser conhecido apenas aquando da bandeirada de xadrez. Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Álvaro Bautista e Héctor Barberá foram os principais protagonistas, lutando pelo triunfo ao longo da maior parte da prova.

As emoções da corrida de 250cc disputada ao início desta tarde em Jerez foram mais que muitas, com o resultado final a ser conhecido apenas aquando da bandeirada de xadrez. Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Álvaro Bautista e Héctor Barberá foram os principais protagonistas, lutando pelo triunfo ao longo da maior parte da prova. Aliás, tirando Barberá que caiu quando rodava em terceiro e tentava o ataque, todos os pilotos do grupo da frente passaram pela liderança por várias vezes numa corrida imprópria para cardíacos.

Depois do Campeão do Mundo de 250cc e líder da classificação se ter apresentado como o primeiro líder da prova, coube a Dovizioso assumir o primeiro posto até à 12ª volta, altura em o Campeão do Mundo de 125cc e estreante nas quarto de litro passou para a frente e acabou por dar início a magnífico duelo entre os três.

Sem nunca baixarem os braços, os três pilotos rodaram ao limite até ao final, chegando mesmo a proporcionar inúmeras trocas de lugares ao longo de cada volta. Mas a cinco voltas do final, Dovizioso e Bautista envolveram-se em duelo titânico pela segunda posição, o que acabou por permitir a Lorenzo isolar-se um pouco na liderança numa altura que se revelou determinante e que valeu o triunfo ao piloto da Fortuna Aprilia.

Já sem hipóteses de lutar pela vitória nas últimas voltas, o estreante espanhol logrou magnífico segundo posto naquela que foi a sue segunda corrida nas quarto de litro, enquanto o italiano Dovizioso fechou o pódio. Um grande resultado para o italiano que não só foi o melhor piloto Honda, como apresentou significativa melhoria face à corrida do Qatar.

Alex de Angelis foi o quarto, rodando quase sempre isolado e depois de ter assinado o 13º tempo da grelha. Debon foi quinto, Hiroshi Aoyama sexto, seguindo-se o seu irmão Shuhei, Takahashi e West, enquanto Heidolf fechou o Top 10.

Tags:
250cc, 2007, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›