Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Fim-de-semana difícil para a Kawasaki

Fim-de-semana difícil para a Kawasaki

Os primeiro pontos de Randy de Puniet na presente temporada do Mundial são a nota alta de um fim-de-semana marcado por dificuldades para a formação da Kawasaki Racing. Após a dura batalha no bwin.com GP de Espanha, o francês regressou às boxes com apenas três pontos depois de terminar em 13º.

Os primeiro pontos de Randy de Puniet na presente temporada do Mundial são a nota alta de um fim-de-semana marcado por dificuldades para a formação da Kawasaki Racing. Após a dura batalha no bwin.com GP de Espanha, o francês regressou às boxes com apenas três pontos depois de terminar em 13º.

A Kawasaki chegou a Jerez com grandes expectativas. O Director de Provas, Ichiro Yoda, antecipava grande actuação por parte dos seus pilotos, mas as previsões tiveram de ser reconsideradas durante a primeira sessão de treinos de sexta-feira, quando as Ninja ZX-RR de De Puniet e Jacque manifestaram problemas de maneabilidade não verificados nos testes de Jerez há apenas um mês.

Apesar de tudo, De Puniet terminou convencido que podia ter lutado por resultado nos dez primeiros, não fossem os pequenos erros cometidos a meio da corrida.

"Mantive a posição de largada e, no início, era mais rápido que os outros, mas era uma altura complicada para ultrapassar," relatou o piloto gaulês.

"Mantive-me atrás porque não queria cometer erros. O rendimento do pneu traseiro decaiu, mas fiz tudo para me manter com o grupo até dez voltas do fim, altura em que cometi um erro e perdi algum tempo. Aumentei o ritmo depois e regressei ao grupo, mas na altura, a quatro voltas do fim, não sei o que aconteceu porque a moto do Roberts estava parada e perdi cerca de um segundo para a evitar, o que fez com que o Capirossi me alcança-se. A sua moto é mais potente que a minha e não consegui evitar a ultrapassagem na recta oposta. O mais positivo é o facto do rendimento da moto ter melhorado um pouco, mas estamos conscientes que devemos encontrar soluções para todos os problemas que tivemos este fim-de-semana," resumiu De Puniet.

Pior esteve o companheiro de equipa Olivier Jacque, que só conseguiu terminar num decepcionante 18º posto. Jacque não ocultou a frustração depois dos problemas de tracção verificados desde o princípio da carreira, o que o deixou ao lado do piloto de testes da Suzuki, Kosuke Akioyoshi, no final do pelotão. Só o piloto da Suzuki John Hopkins, que regressou à pista após queda quando rodava em quarto, fez com que não fosse o último classificado.

"Foi um fim-de-semana muito duro; não esperava muito da corrida, mas foi frustrante. Fiz boa largada, mas ao cabo de três voltas não tinha tracção, o que fazia com que o pneu de trás escorregasse muito nas curvas. Perdia muito terreno à saída das curvas e isso foi piorando volta após volta," relatava Jacque.

"Também cometi alguns erros ao tentar recuperar nas travagens. O controlo de tracção foi bom, até me podia ter divertido, mas não era eficiente em termos de tempos por volta. No final os pneus estavam destruídos, mas consegui terminar. Não sabemos o que correu mal este fim-de-semana, mas felizmente agora temos uns dias de testas para resolver as coisas."

Tags:
MotoGP, 2007, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›