Compra de bilhetes
VideoPass purchase

West a dar o máximo pelo Team Sicilia

West a dar o máximo pelo Team Sicilia

Para Anthony West, um dos mais populares pilotos das 250cc, 2007 é um ano de tudo ou nada. Regular entre os dez primeiros enquanto privado no ano passado, o australiano correr agora com o Team Sicilia numa máquina quase de fábrica nas quarto de litro. Com o antigo piloto de MotoGP e vencedor de corridas de 250cc a bordo, a equipa pode esperar lutar com os homens da frente, mas os poucos testes levados a cabo significam que West e o seu novo companheiro de equipa ainda se estejam a adaptar à moto.

Para Anthony West, um dos mais populares pilotos das 250cc, 2007 é um ano de tudo ou nada. Regular entre os dez primeiros enquanto privado no ano passado, o australiano correr agora com o Team Sicilia numa máquina quase de fábrica nas quarto de litro. Com o antigo piloto de MotoGP e vencedor de corridas de 250cc a bordo, a equipa pode esperar lutar com os homens da frente, mas os poucos testes levados a cabo significam que West e o seu novo companheiro de equipa ainda se estejam a adaptar à moto. Contudo, como o próprio piloto diz, uma atitude positiva e o apoio dos fãs podem dar-lhe a motivação extra para 2007.

"Tem sido muito difícil entrar no ritmo, há muitas motos boas e piloto também, por isso falhar a maior parte dos testes de pré época tornou as coisas difíceis. Estou contente com a equipa e com a boa moto que a Aprilia me deu, mas não estou contente com os resultados. No ano passado fui mais rápido em Jerez com a moto antigo, por isso temos ainda muito trabalho pela frente, mas vou dar o máximo para ser mais rápido," comentou West ao motogp.com esta semana, depois de ter terminado em 13º e 9º nas duas primeiras corridas do ano.

Quando questionado sobre quando esperava estar totalmente confortável com a moto para lutar pelas posições de topo o jovem de 25 anos deu resposta ponderada. "Tudo depende do quão bem eu e a equipa conseguimos trabalhar em conjunto. Estou a concentrar-me em melhorar em todas as corridas e não fazer loucuras, mas quero chegar à frente e o meu objectivo é ganhar uma corrida este ano. Vou fazer tudo para que isso seja possível."

Apesar de West ter começado esta temporada com melhor conjunto de pontos que em 2006, onde não terminou as duas primeiras corridas, o piloto não está muito concentrado nisto. "Nunca olho para os pontos ou para a minha situação no campeonato. Ataco as corridas uma de cada vez, apesar de estar contente por ter terminado os dois primeiros Grandes Prémios do ano, algo que não aconteceu no ano passado! Tenho de agradecer ao Team Sicilia por isso!"

Apesar de pequeno, o grupo de fãs do australiano é muito fiel devido ao excitante estilo de pilotagem. O apoio dos fãs não se perde em West, que se mostra sempre grato e quer retribuir com resultados. "Tenho boas pessoas que acreditam em mim e isso ajuda-me a continuar," comentou. "Mesmo não estando na frente não quero que as pessoas digam que nunca tentei, ou que estou a desistir. Vou lutar até ao fim, independentemente de quão más as coisas estejam! Penso que é isto que as pessoas querem ver e que é também por isso que gostam da minha pilotagem."

A maior parte do pilotos não europeus vêm para o Velho Continente para terem uma base mais central para as ronda europeias do Campeonato, e West não é excepção. O piloto continua a viver em Salzburgo, na Áustria, e não vai regressar a casa antes do GP da Turquia, apesar de muito o querer. "Não sei como é que vou passar o tempo livre que tenho agora pela frente, mas vou ficar sozinho e se calhar ainda vou começar a falar comigo próprio! Vou me manter em forma e pensar em como posso ganhar, se o fizer então poderei trazer o meu pai, o que seria bom porque já sinto falta dele."

Tags:
250cc, 2007, Anthony West

Outras actualizações que o podem interessar ›