Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Vermeulen em ritmo de pódio na Turquia apesar de queda

Vermeulen em ritmo de pódio na Turquia apesar de queda

O 11º lugar conquistado no Grande Prémio da Turquia no passado sábado foi um resultado algo decepcionante para Chris Vermeulen, com o australiano a ser um dos homens em destaque ao longo da corrida.

O 11º lugar conquistado no Grande Prémio da Turquia foi um resultado algo decepcionante para Chris Vermeulen, com o australiano a ser um dos homens em destaque ao longo da corrida. Vermeulen viu-se envolvido na queda da primeira volta entre Olivier Jacque, Dani Pedrosa e Colin Edwards, mas depois de voltar a montar a GSV-R800 o piloto da Rizla Suzuki rodou mais rápido que os homens do pódio de forma consistente rumo a um resultado nos pontos.

Vermeulen assinou a volta mais rápida do dia na penúltima passagem pela linha de meta to Istambul Park e, se retirarmos os 22 segundos perdidos no acidente aos 20 de diferença com que terminou de Toni Elías, não é difícil imaginar o jovem de 24 anos no pódio caso não tivesse caído na primeira volta.

Após corrida o australiano descreveu o incidente e fez uma lista dos danos causados na sua 800cc.

"Fiquei algo preso na primeira volta e envolvi-me numa luta desde logo. Tinha acabado de passar o Alex Barros quando outro piloto deitou o Edwards e o Pedrosa ao chão mesmo à minha frente e não tinha lado nenhum para ir a não ser o chão. Foi a pior parte da corrida, mas felizmente a moto ainda estava a funcionar e em cima da do Pedrosa. Apertei a embraiagem, tirei a moto de cima da dele e voltei à corrida," adiantou Vermeulen. "O guiador estava algo amolgado e tinha ainda um componente partido, mas tudo o resto parecia estar bem. Dei uma volta ou duas para ver se tudo funcionava e depois dei o máximo. Comecei a tentar apanhar os que estavam à minha frente e fiz voltas muito rápidas e consistentes. Rodei com o máximo de suavidade possível e consegui terminar em 11º. Sei que fiz a volta mais rápida da corrida perto do final, por isso quem sabe o que podia ter acontecido se não tivesse estado envolvido no acidente. Agora temos de pensar na China, qualificar-nos bem e garantir que não temos outra vez o mesmo azar!"

Tags:
MotoGP, 2007, GRAND PRIX OF TURKEY, Chris Vermeulen

Outras actualizações que o podem interessar ›