Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Weber evita críticas à China

Weber evita críticas à China

A Michelin não conseguiu redimir-se no Sinopec Great Wall Lubricants Grande Prémio da China, colocando apenas três pilotos nos dez primeiros. Contudo, o fabricante gaulês de borrachas voltou ao pódio graças ao resultado de Valentino Rossi, que conseguiu evitar a repetição dos problemas sentidos na Turquia e no ano passado na China.

A Michelin não conseguiu redimir-se no Sinopec Great Wall Lubricants Grande Prémio da China, colocando apenas três pilotos nos dez primeiros. Contudo, o fabricante gaulês de borrachas voltou ao pódio graças ao resultado de Valentino Rossi, que conseguiu evitar a repetição dos problemas sentidos na Turquia e no ano passado na China.

Dani Pedrosa e Carlos Checa foram os outros dois pilotos da Michelin que lograram terminar entre os dez primeiros.

Jean-Philippe Weber, responsável pelo departamento de competição de duas rodas da Michelin, analisou o fim-de-semana depois da corrida comentando: "Estamos contentes porque reagimos desde a última corrida. Tendo em conta os comentários do Valentino na Turquia estamos agora a progredir na direcção certa, satisfazendo as suas necessidades. Ele foi muito rápido e agressivo nas curvas e pareceu muito confiante no pneu frontal. A sua melhor volta foi apenas 0,027s mais lenta que a do Casey Stoner e com um pouco mais de velocidade de ponta teria um pacote perfeito. O Dani Pedrosa também considerou que estes pneus funcionaram bem, ele conseguiu passar o Marco Melandri e ser o melhor entre os pilotos Honda, apesar de ter dito que podia ter tido um pouco mais de aderência traseira nas curvas para a esquerda. De forma geral estamos contentes com a corrida de hoje, mas é claro que sabemos que temos de trabalhar mais."

Tags:
MotoGP, 2007, SINOPEC GREAT WALL LUBRICANTS GRAND PRIX OF CHINA

Outras actualizações que o podem interessar ›