Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati prepara-se para desafio gaulês

Ducati prepara-se para desafio gaulês

A Ducati Marlboro ruma a Le Mans esta semana com o piloto Casey Stoner no topo da classificação do MotoGP. A equipa soma quatro pódios até ao momento em 2007 – com três vitórias de Stoner nas quatro primeiras corridas – e vai agora tentar aumentar o sucesso numa pista onde Loris Capirossi foi segundo no ano passado.

A Ducati Marlboro ruma a Le Mans esta semana com o piloto Casey Stoner no topo da classificação do MotoGP. A equipa soma quatro pódios até ao momento em 2007 – com três vitórias de Stoner nas quatro primeiras corridas – e vai agora tentar aumentar o sucesso numa pista onde Loris Capirossi foi segundo no ano passado.

Lívio Suppo, o patrão da Ducati MotoGP, vê a combinação dos seus pilotos, da Desmosedici GP7 e dos pneus Bridgestone como produtores de grandes resultados até ao momento, apesar de estar consciente da tarefa que surge agora pela frente.

Suppo comentou: "Vamos para França com o mesmo espírito – encarar uma corrida de cada vez e tentarmos o melhor que pudemos e sabemos. Le Mans não será fácil, tradicionalmente é um circuito Yamaha, o Valentino Rossi foi super rápido no ano passado em Le Mans até quebrar o motor e também esteve muito forte na última corrida em Xangai. A Ducati e a Bridgestone funcionam bem, o Casey está a pilotar de forma soberba e sabemos que o Loris fez uma excelente corrida aqui no ano passado, por isso esperamos estar outra vez a lutar pelo pódio, tal como aconteceu na Turquia no mês passado. Na verdade a temporada apenas agora começou, por isso temos de manter os pés assentes no chão e continuar a trabalhar arduamente."

A liderar o Campeonato ao cabo das quatro primeiras corridas, Casey Stoner afirmou-se como um dos primeiros candidatos ao ceptro este ano. O australiano tem a história do seu lado, com um precedente de 28 ocasiões em que o vencedor de três das primeiras quatro corridas do ano acabou por se sagrar Campeão do Mundo.

"Até ao momento esta temporada tem sido um sonho tornado realidade. Temos de nos manter concentrados, garantir que não ficamos demasiadamente confiantes, continuar a trabalhar muito e talvez as coisas dêem bom resultado," disse o jovem de 21 anos.

"Na China tudo funcionou na perfeição mais uma vez, apesar de ter sido uma corrida mesmo muito difícil. Vamos ter de esperar e ver o que acontece em Le Mans. Terminei quase sempre os quatro primeiros em França, na verdade, nas últimas quatro corridas foi quarto por três vezes. Precisamos de uma moto que seja realmente boa nos travões, se não tivermos isso é praticamente para esquecer. Ao mesmo tempo a moto tem de ter bom comportamento à saída das curvas lentas, porque há muitos pontos de strat-stop. Le Mans é claramente para os bravos, com muitas travagens nos limites, e também há umas boas chicanes para seleccionarem os pilotos. Normalmente dou-me bem nos treinos, só não acerto na corrida, talvez este ano mude isso."

Não sendo fã do histórico traçado de Le Mans, Loris Capirossi já conseguiu três pódios no circuito. O italiano tem agora a possibilidade de averbar a primeira vitória em França.

"Não tive o melhor dos inícios de temporada este ano, mas estou desejoso pelas próximas corridas porque sei que terei a possibilidade de recuperar alguns pontos," disse o veterano italiano. "O Casey provou que a GP7 é uma moto vencedora e que os Bridgestone este ano estão muito bons, por isso estou confiante numa boa prestação minha nas próximas provas. Só temos de continuar a trabalhar e a melhorar o que sinto com a moto, da qual já gosto muito. Não adoro Le Mans, isto apesar de lá ter feito grande corrida no ano passado. É uma pista de stop-and-go, não muito técnica, por isso não muito divertida para pilotar com uma máquina de MotoGP, penso que é melhor para as 125cc e 250cc. Mas acredito que a GP7 se dê bem em Le Mans por causa as acelerações e travagens são o mais importante do circuito e a nossa moto é muito forte nessas áreas."

Tags:
MotoGP, 2007, ALICE GRAND PRIX DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›