Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Michelin confiante no efeito casa

Michelin confiante no efeito casa

Depois de dois sérios reveses sofridos na Turquia e na China, a Michelin apresenta agora muitas esperanças na próxima jornada do Campeonato do Mundo e que se disputa precisamente no seu terreno. Um factor que a marca considera ser importante para recuperarem a posição de liderança que têm ocupado nos últimos anos no Mundial de MotoGP.

Depois de dois sérios reveses sofridos na Turquia e na China, a Michelin apresenta agora muitas esperanças na próxima jornada do Campeonato do Mundo e que se disputa precisamente no seu terreno. Um factor que a marca considera ser importante para recuperarem a posição de liderança que têm ocupado nos últimos anos no Mundial de MotoGP.

Jean-Philippe Weber, director do sector de competição em duas rodas do fabricante gaulês, minimizou um pouco o factor casa. "Estarmos em Le Mans não quer dizer nada, todas as corridas têm as mesma importância."

"O principal problema pode ser o tempo, o que é imprevisível nesta altura do ano," acrescenta. "Reagimos às opiniões dos nossos pilotos depois dos GP's da Turquia e da China e devemos trabalhar na mesma direcção."

"O que nos preocupa neste momento é a aderência. Se conseguirmos dar mais aderência aos nossos pilotos podemos ser mais agressivos nas curvas, um factor importante para respondermos à velocidade entre as diferentes máquinas."

Weber aponta também que: "Le Mans tem algumas rectas, mas não tão longas como Xangai, pelo que acredito que vamos estar muito competitivos. Também espero que possam aproveitar a aderência dos nossos pneus para fazerem as curvas a grande velocidade e abrirem o acelerador o mais cedo possível."

Tags:
MotoGP, 2007, ALICE GRAND PRIX DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›