Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden e Pedrosa apostados em Mugello

Hayden e Pedrosa apostados em Mugello

Os elementos da Repsol Honda vão para Mugello com diferentes estados de espírito. Enquanto Dani Pedrosa conseguiu terminar em quarto em Le Mans e manter-se em contacto com os líderes do campeonato, o Campeão do Mundo Nicky Hayden conta agora com uma corrida não terminada e uma costela fractura depois da visita a França.

Os elementos da Repsol Honda vão para Mugello com diferentes estados de espírito. Enquanto Dani Pedrosa conseguiu terminar em quarto em Le Mans e manter-se em contacto com os líderes do campeonato, o Campeão do Mundo Nicky Hayden conta agora com uma corrida não terminada e uma costela fractura depois da visita a França. O norte-americano esteve no pódio na corrida do ano passado e desta quer repetir o feito, com ou sem lesão.

"Não se consegue acreditar na atmosfera de Mugello até se lá ter estado e estou mesmo desejoso por voltar lá," disse "Trick Daddy". "Os fãs adoram a corrida e vêm totalmente preparados para a corrida de MotoGP e nós adoramos correr lá também. A pista é do melhor que há porque tem um pouco de tudo – declives, uma longa recta que normalmente faz a corrida ser muito disputada por causa do cone de vento e muitas mudanças de direcção rápidas, cruciais para uma boa volta. O piso está a começar a ficar um pouco desgastado e irregular, por isso é muito importante ter uma boa afinação na moto para absorver as irregularidades."

"Também temos de ter uma máquina que seja muito agressiva nessas mudanças de direcção. Sei que tornaram a pista um pouco mais segura este ano, o que é bom. O resultado de Le Mans foi uma desilusão, mas disse à equipa que o erro foi meu. Por isso tenho de compensá-los este fim-de-semana e tentar um bom resultado. Estou desejoso por Mugello, vamos ver o que conseguimos quando lá chegarmos."

Pedrosa ficou de fora do pódio na sua primeira visita ao traçado na categoria de MotoGP e continua confiante na capacidade de melhorar ainda mais graças à experiência e informações recolhidas no teste que se seguiu a Le Mans. o espanhol está neste momento na mais longa sequência sem vitórias desde que se estreou a ganhar nas 125cc e sabe que um triunfo tem de surgir em breve para não ficar muito longe de Casey Stoner e Valentino Rossi.

"Mugello é sempre um desafio para pilotar e será interessante ver como é o circuito numa 800cc," disse o jovem de 21 anos. "No ano passado foi a minha estreia aqui em MotoGP e a pista é claramente uma das mais exigentes em termos físicos, tem muitas mudanças de direcção. Mesmo assim consegui manter-me em contacto com os líderes e terminar em quarto, o que foi um bom resultado."

"A longa recta da meta vai tornar as velocidades de ponta muito importantes, como na China, e penso que algumas das outras equipas testaram muito aqui e vão voltar a ser rápidas. Fizemos alguns progressos nos dois dias de testes em Le Mans, por isso espero que sejamos capazes de melhorar todo o nosso conjunto um pouco para obtermos um bom resultado este fim-de-semana."

Tags:
MotoGP, 2007, GRAN PREMIO D'ITALIA ALICE, Nicky Hayden, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›