Compra de bilhetes
VideoPass purchase

E vão seis para Rossi em casa

E vão seis para Rossi em casa

Depois de duas corridas emocionantes, a tirada da categoria rainha do Campeonato do Mundo de MotoGP não podia ser melhor. O Alice Grande Prémio de Itália foi uma prova absolutamente emocionante com os pilotos a lutarem pelo triunfo de início a fim e com Valentino Rossi a acabar por levar a melhor sobre os demais.

Depois de duas corridas emocionantes, a tirada da categoria rainha do Campeonato do Mundo de MotoGP não podia ser melhor. O Alice Grande Prémio de Itália foi uma prova absolutamente emocionante com Valentino Rossi a acabar por levar a melhor sobre os demais.

O piloto da Fiat Yamaha levou a cabo soberba prova e, depois de largar da terceira posição e de ter chegado a rodar em oitavo, encetou o ataque para assumir a liderança à 8ª volta. Rossi contou com forte oposição de Dani Pedrosa (Repsol Honda), o único a conseguir rodar no mesmo do ritmo do italiano, mas a verdade é que no final o penta-Campeão do Mundo não só garantiu o segundo triunfo da época, como se tornou no primeiro piloto a averbar seis triunfos consecutivos no seu Grande Prémio caseiro.

O espanhol da Honda oficial fez também uma excelente corrida, largando do oitavo posto da grelha para chegar mesmo a liderar a corrida, mas a verdade é que a sua RC212V acabou por não apresentar os necessários argumentos para fazer frente à M1 de Rossi.

Mais atrás assistiu-se a outra grande luta entre duas Ducati, a oficial do líder do Campeonato Casey Stoner e a satélite do veterano brasileiro Alex Barros. Stoner chegou a liderar no início da corrida e teve como primeiro rival o companheiro de equipa Loris Capirossi, mas acabou por cair na classificação para depois se debater contra os fortes ataques de Barros que, a duas voltas do fim acabou por concretizar as ameaças e subir ao mais baixo do pódio. Um resultado pouco favorável para o jovem australiano que, com esta quarta posição, acabou por perder algum terreno na liderança da classificação para "The Doctor".

John Hopkins foi o melhor piloto da Rizla Suzuki com a quinta posição, batendo com facilidade o seu companheiro de equipa Chris Vermeulen que, apesar de largar da segunda posição da grelha acabou por não conseguir melhor que a oitava posição.

Toni Elías (Honda Gresini) foi o sexto classificado depois de ter largado de 15º da grelha, enquanto Capirossi acabou por concluir num algo decepcionante sétimo posto, principalmente quando se tem em conta que contou com uma GP7 mais desenvolvida para esta prova caseira da marca italiana. Marco Melandri (Honda Gresini) foi nono, enquanto o Campeão do Mundo Nicky Hayden (Repsol Honda), uma vez mais muito apagado, fechou a lista dos dez primeiros numa corrida onde a Michelin conseguiu bater os rivais Bridgestone depois de várias corridas para esquecer desde o início do ano.

Tags:
MotoGP, 2007, GRAN PREMIO D'ITALIA ALICE, RAC, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›