Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barcelona é a pista que se segue

Barcelona é a pista que se segue

Em voos directos de Florença para Barcelona, o circo do MotoGP passa agora para a Catalunha este fim-de-semana depois do emocionante GP de Itália em Mugello. A segunda corrida em igual número de semanas ilustra bem o ritmo alucinante em que o Campeonato do Mundo agora está.

Em voos directos de Florença para Barcelona, o circo do MotoGP passa agora para a Catalunha este fim-de-semana depois do emocionante GP de Itália em Mugello. A segunda corrida em igual número de semanas ilustra bem o ritmo alucinante em que o Campeonato do Mundo agora está.

Casey Stoner vai iniciar o Cinzano Grande Prémio da Catalunha como líder do Campeonato do Mundo de MotoGP. O piloto oficial da Ducati não terminou a corrida do ano passado, mas parece que nada faz parar o australiano de 21 na sua consistente apresentação de tempos rápidos e fortes resultados de corrida com a Ducati Desmosedici GP1.

Valentino Rossi segue em segundo, atrás de Stoner, tendo reduzido a diferença para nove pontos que o sexto triunfo consecutivo em casa. "The Doctor" conta com recorde similar em Barcelona, tendo ganho cinco das últimas seis corridas disputadas na pista. A sequência Mugello/Catalunha/Donington é favorável ao italiano que espera somar o máximo de pontos possível antes de rumar às pistas que menos gosta.

Dani Pedrosa deverá ser muito bem recebido pelos seus fãs em casa, estando em terceiro na tabela de pontos, mas tem demónios a enfrentar esta semana. O piloto de fábrica da Honda teve corrida desastrosa no ano passado, tendo sido uma das vítimas do acidente da primeira curva, não chegando a recomeçar a prova. O piloto que mais queixas terá desse acidente é Marco Melandri, quarto na classificação, à frente da dupla da Suzuki Chris Vermeulen e John Hopkins.

Nas 250cc Jorge Lorenzo vai querer a vingança em casa em várias frentes. O espanhol foi batido no ano passado por Andrea Dovizioso e tem também contas a ajustar com Álvaro Bautista depois de Mugello.

Enquanto isso nas 125cc a vantagem está do lado de Hector Faubel fruto da segunda vitória do ano e da queda de Pesek em Mugello. O piloto da Aspar bateu o companheiro de equipa Sergio Gadea em cima da linha da meta em Itália.

Tags:
MotoGP, 2007, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA

Outras actualizações que o podem interessar ›