Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa continua a ser o mais rápido apesar de queda em Barcelona

Pedrosa continua a ser o mais rápido apesar de queda em Barcelona

A segunda sessão de treinos livres de MotoGP do Cinzano Grande Prémio de Catalunha viu Valentino Rossi encabeçar a tabela de tempos, melhorando o registo da manhã, mas ainda assim sem conseguir bater o crono matinal de Dani Pedrosa de 1m43,099s.

A segunda sessão de treinos livres de MotoGP do Cinzano Grande Prémio de Catalunha viu Valentino Rossi encabeçar a tabela de tempos, melhorando o registo da manhã, mas ainda assim sem conseguir bater o crono matinal de Dani Pedrosa de 1m43,099s.

O piloto da Repsol Honda tinha sido mais rápido que Stoner quase meio segunda na primeira sessão, mas Rossi reduziu a diferença para 0,214s na segunda sessão – passando assim a ser o segundo mais lesto do dia ao rodar em 1m43,313s, uma melhoria de 0,392s face ao seus tempo da manhã.

Com calor, mas boas condições para pilotar em casa, Pedrosa podia mesmo ter melhorado o registo esta tarde não fosse uma espectacular queda que causou vários danos à RC212V. O catalão não ficou ferido e voltou à pista com a moto de reserva, mas acabou por assinar o seu melhor tempo antes do acidente e ficou-se pelo terceiro melhor registo da tarde.

John Hopkins foi o segundo melhor da sessão e terceiro do dia ao registar um crono de 1m43,389s, uma melhoria de 0,216s face ao tempo da manhã e ficando a 0,290s de Pedrosa na tabela de tempos conjunta das duas sessões.

Casey Stoner, da Ducati Marlboro, terminou o dia como o quarto mais rápido graças ao tempo apresentado de manhã, já que da parte da tarde foi apenas quinto. Toni Elías da Honda Gresini foi outro dos pilotos a conseguir o melhor registo na parte da manhã e, apesar de ter sido o quarto em FP2, ficou-se pelo quinto registo absoluto.

O companheiro de equipa de Stoner, Loris Capirossi, foi o sexto do dia, também ele graças ao tempo da manhã, já que de tarde foi apenas 14º.

Atendendo ao ritmo de Pedrosa nas duas sessões – e mesmo tendo em conta a queda na segunda – o seu companheiro de equipa Nicky Hayden deverá estar, mais uma vez, desiludido com o facto de ter terminado o dia com a 14ª marca nos combinados depois de ter sido 12º de manhã.

Os pilotos de MotoGP regressam à pista amanhã às 10 horas locais para a terceira e última sessão de treinos livres, seguindo-se a qualificação às 13h50 locais.

Tags:
MotoGP, 2007, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›