Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jacque retira-se do MotoGP

Jacque retira-se do MotoGP

Depois de uma série de lesões contraídas em quedas em Istambul, Xangai, Mugello e Catalunha este ano, o francês Olivier Jacque anunciou a retirada do MotoGP. O antigo Campeão do Mundo de 250cc vai continuar o como pilotos de desenvolvimento técnico da Kawasaki Racing Team.

Depois de uma série de lesões contraídas em quedas em Istambul, Xangai, Mugello e Catalunha este ano, o francês Olivier Jacque anunciou a retirada do MotoGP.

O antigo Campeão do Mundo de 250cc vai continuar o como pilotos de desenvolvimento técnico da Kawasaki Racing Team.

As lesões de Jacque prejudicaram a sua temporada de MotoGP de 2007, mas o piloto vai continuar a ter papel preponderante na equipa, já que vai continuar a ajudar a progredir a Kawasaki Ninja ZX-RR.

O popular gaulês de 33 explicou a sua decisão: "Desdo o início desta temporada de MotoGP tenho sofrido várias quedas, muitas delas com lesões nas costas, cervical e braço direito."

"Neste momento sinto-me fisicamente diminiuido. É-me muito difícil recuperar das minhas lesões e não me sinto suficientemente competitivo para rodar no topo. Dei muito a este desporto, mas o meu corpo continua a dizer-me que talvez seja tempo de seguir em frente."

"É claro que foi uma decisão difícil, mas a Kawasaki compreendeu e chegámos a acordo para o futuro que vai permitir-me continuar envolvido no mundo das corridas, pelo qual tenho uma grande paixão, e agora vou ter um papel nos bastidores."

"Não quero comprometer as possibilidades da Kawasaki Racing Team porque a formação tem potencial, o que também é o caso da moto. Foi frustrante para mim saber que a equipa ficou um pouco prejudicada enquanto estive no hospital. Desejo-lhes muito sucesso com o novo jovem piloto porque realmente o merecem. Mais, queria agradecer-lhes pelo incondicional apoio que me deram."

"Gosto muito do Ichiro Yoda, Director Desportivo da Kawasaki Racing Team, com quem fui Campeão do Mundo de 250cc em 2000 e com quem consegui positivo segundo posto na molhada corrida de Xangai em 2005 no MotoGP."

"É uma fase importante da minha vida, um novo começo, mas vou continuar envolvido no motociclismo, já que a Kawasaki renovou comigo como piloto de testes. Estou muito contente com este compromisso, pois vou poder continuar a trabalhar com pessoas de quem gosto e respeito. Espero que o meu envolvimento permita à Kawasaki fazer mais progresso porque mostrou muito potencial recentemente."

"Desejo o melhor à equipa e posso garantir que vou estar totalmente concentrado no desenvolvimento da moto. Estou convencido que a Kawasaki Racing Team é uma formação que apenas agora começou a ter sucesso no MotoGP e contribuir para que tenha ainda mais vai dar-me grande prazer."

Tags:
MotoGP, 2007, NICKEL & DIME BRITISH GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›