Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Visita agridoce da Suzuki a Assen

Visita agridoce da Suzuki a Assen

Foi claramente uma situação de sortes distintas a visita da Rizla Suzuki MotoGP esta tarde no A-Style TT Assen, com John Hopkins a garantir o sexto resultado da temporada dentro dos cinco primeiros e o companheiro de equipa Chris Vermeulen a ficar fora da luta depois de ter largado da pole.

Foi claramente uma situação de sortes distintas a visita da Rizla Suzuki MotoGP esta tarde no A-Style TT Assen, com John Hopkins a garantir o sexto resultado da temporada dentro dos cinco primeiros e o companheiro de equipa Chris Vermeulen a ficar fora da luta depois de ter largado da pole.

Fazendo grande partida da sexta posição da grelha, Hopkins rodava na segunda posição quando começou a debater-se com alguns problemas de vibrações na sua GSV-R800 e perdeu precioso tempo para os seus perseguidores. O anglo-americano deu o seu melhor para manter a posição, mas acabou por ser passado o Valentino Rossi, que ganhou a corrida, e pelos dois pilotos da Repsol Honda.

Contudo, conseguiu garantir o terceiro quinto lugar em quarto corridas e depois da sua primeira metade do ano consistente, Hopkins está agora claramente na quarta posição do Campeonato, à frente do desafortunado companheiro de equipa Vermeulen.

Depois da nona corrida do ano Hopkins comentou: "Foi claramente uma corrida difícil hoje e senti que estive numa verdadeira batalha! Dei o melhor que tinha e trabalhei arduamente para o resultado! Queria muito estar no pódio hoje e por isso tentei apanhar o Stoner no início. Tentei mesmo muito, mas comecei a sentir umas vibrações negativas em algumas curvas e a perder cerca de meio segundo em algumas zonas da pista. Isto fez com que tivesse de trabalhar ainda mais no resot da volta, mas perdi um pouco do ritmo e o Rossi e as duas Hondas passaram por mim."

Enquanto isso, o companheiro de equipa de Hopkins, o australiano Vermeulen, teve uma corrida que deverá querer esquecer depois de ter largado da pole pela primeira vez em 2007 fruto de magnífica prestação na molhada qualificação de ontem. Um erro de De Puniet, da Kawasaki, na 12ª volta levou Vermeulen à gravilha na sequência de toque com o gaulês. Apesar de Vermeulen ter regressado à pista, a sua corrida estava já totalmente estragada, não conseguindo melhor que a 16ª e última posição da corrida.

Vermeulen explicou: "Foi bom largar da pole e demos importantes passos esta manhã no warm-up. A moto nunca tinha funcionado tão bem em todo o fim-de-semana como funcionou na partida. Estava a fazer as minhas melhores voltas e sentia-me bem na moto. Infelizmente não tinha a velocidade dos da frente, mas dei o máximo. Depois, de repente, fui tocado na traseira e acabei na gravilha. Não sabia quem era o outro piloto e penso que ele não tinha espaço para passar."

Tags:
MotoGP, 2007, A-STYLE TT ASSEN

Outras actualizações que o podem interessar ›