Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barros caminha lesionado em Sachsenring

Barros caminha lesionado em Sachsenring

Sexta-feira 13 foi realmente um dia de azar para alguns pilotos de MotoGP, com a primeira sessão de treinos livres da categoria rainha a ser palco de uma série de acidentes. O mais feio foi o que envolveu Alex Barros, que, depois de cair com a Desmosedici GP7, ficou preso debaixo da moto até chegar à gravilha.

Sexta-feira 13 foi realmente um dia de azar para alguns pilotos de MotoGP, com a primeira sessão de treinos livres da categoria rainha a ser palco de uma série de acidentes. O mais feio foi o que envolveu Alex Barros, que, depois de cair com a Desmosedici GP7, ficou preso debaixo da moto até chegar à gravilha.

Depois de arrastada pelo asfalto com todo o seu lado direito, o brasileiro foi de imediato transportado para a Clínica Móvel para ser tratado. O piloto da Pramac dAntin Ducati conseguiu regressar à acção na segunda sessão de livres, chegando mesmo a assinar o segundo melhor tempo.

Em conversa logo depois de desmontar da sua moto, Barros agradeceu a todos os que o trataram e comentou de forma positiva a prestação da moto.

Tenho de agradecer à Clínica Móvel e ao Dr. Costa porque consegui voltar a rodar três horas depois da queda. Fui suturado na mão, penso que com 16 pontos, mas tive sorte em poder voltar tão depressa. As boas notícias são o facto da moto estar a rodar bem e o sétimo tempo é um bom resultado hoje, apontou o veterano.

Tags:
MotoGP, 2007, ALICE MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Alex Barros

Outras actualizações que o podem interessar ›