Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati aposta na juventude com projecto de 2008

Ducati aposta na juventude com projecto de 2008

O anúncio da entrada de Marco Melandri na Ducati para 2008 assinala o final da política de mudança da formação italiana que começou com a contratação de Casey Stoner no início desta temporada.

O anúncio da entrada de Marco Melandri na Ducati para 2008 assinala o final da política de mudança da formação italiana que começou com a contratação de Casey Stoner no início desta temporada.

Com Loris Capirossi a ser um nome pouco provável nos planos da Ducati para a próxima época, apesar da fábrica estar a estudar a possibilidade de uma terceira moto, a idade combinada dos pilotos da equipa será de 47 anos no início da temporada, o que é baixo para os standards da formação.

Na história da Ducati tem-se assistido sempre à opção por pilotos experientes aos comandos da Desmosedici, com idades superior a 30 anos desde 2003.

No ano de estreia no MotoGP a fábrica de Borgo Panigalle optou por Loris Capirossi (30 anos) e Troy Bayliss (34) para darem os primeiros passos no Campeonato do Mundo, o que dava uma idade combinada de 64 anos. A dupla manteve-se até 2005, altura em que o veterano Bayliss foi substituído por Carlos Checa, de 32 anos. Mais uma vez o alinhamento da Ducati somava mais de 60 anos, algo que se manteve depois da saída de Checa após um ano.

Sempre presente na Ducati, Capirossi contou com a companhia de Sete Gibernau no ano passado no que era visto como uma combinação de sonho. Apesar dos seus créditos, Gibernau teve uma temporada marcada por lesões, terminando num acidente com Casey Stoner, que acabou por o substituir na equipa. Um acidente que colocou ponto final da carreira do catalão.

A chegada do australiano à equipa levou a Ducati ao seu mais bem sucedido ano no MotoGP e fez com que a idade combinada dos pilotos baixasse para 55 anos, a primeira vez que desceu abaixo dos 60 anos. Stoner conquistou já seis vitórias este ano, mostrando que a mudança de política na equipa de Lívio Suppo foi bem sucedida. Capirossi tem-se debatido com dificuldades aos comandos da 800cc e agora parece estar de partida da equipa, mas terá em Marco Melandri o sempre importante representante transalpino da marca.

Apesar da idade não ser de forma alguma barreira para o sucesso no MotoGP, a Ducati tem melhorado sempre os resultados no Campeonato do Mundo e parece estar destinada a ainda mais a partir de 2008.

Tags:
MotoGP, 2007

Outras actualizações que o podem interessar ›