Compra de bilhetes
VideoPass purchase

MotoGP regressa à acção em Brno depois de ferias de Verão

MotoGP regressa à acção em Brno depois de ferias de Verão

A acção do MotoGP está prestes a regressar depois de breves férias de Verão, com os pilotos a voltarem à pista para o Cardion AB Grande Prémio da República Checa a 19 de Agosto.

A acção do MotoGP está prestes a regressar depois de breves férias de Verão, com os pilotos a voltarem à pista para o Cardion AB Grande Prémio da República Checa a 19 de Agosto.

No que toca à categoria rainha, o regresso ao circuito de Brno representa o completar de um ciclo na era das 800cc, já que foi neste traçado que duas motos se estrearam em pista no teste que se seguiu à corrida de 2006. As duas primeiras motos a rodarem foram precisamente as do líder do Campeonato do Mundo Casey Stoner e do cinco vezes Campeão do Mundo Valentino Rossi.

A Desmosedici GP7 de Stoner já garantiu seis triunfos até ao momento e tem impressionante registo de consistência com o pior resultado a ser o quinto posto, o que lhe dá uma margem de 44 pontos na frente da classificação. O australiano colocou também um ponto final no enguiço da pole de MotoGP ao triunfar em Laguna Seca vindo da pole e ruma agora para uma pista onde a Ducati ganhou no ano passado.

Para Rossi, recuperar a diferença será tarefa difícil, mas não impossível se atendermos ao que fez em 2006. O italiano anulou a diferença de mais de 50 pontos que detinha para Hayden em 2006 na segunda fase da época para chegar a Valência na frente do Campeonato, mas ainda tem de voltar ao pódio depois dos fracos resultados antes da paragem de Verão. Rossi já ganhou em Brno por três vezes no MotoGP e tanto ele como a Michelin têm pontos a provar perante a Bridgestone depois desta ter almejado o triunfo fruto da prestação de Loris Capirossi em 2006.

A 22 pontos de Rossi, e a 66 do antigo rival das 250cc Stoner, segue Dani Pedrosa que já triunfou por duas vezes no traçado checo, nas 125cc e nas 250cc. Vitorioso na Alemanha, o espanhol não conseguiu repetir o feito nos EUA, fazendo com que o título de 2007 esteja cada vez mais distante. Mas Pedrosa conta com o terceiro posto do ano passado em Brno como mais um factor de motivação.

Chris Vermeulen, um dos homens do pódio dos EUA e que anunciou logo após as celebrações a manutenção da sua posição na Suzuki, continua em busca da primeira vitória no seco. Enquanto Marco Melandri, que completou o pódio de Laguna Seca sem saber, na altura, que tinha uma fractura no tornozelo, vai também querer fazer boa prova, isto apesar de ter já confirmado o que há muito se suspeitava: a passagem para a Ducati em 2008.

John Hopkins completa o Top 6 da classificação, sendo o último piloto a ter já alcançado a barreira dos 100 pontos esta época. Teve uma corrida desapontante em casa, colidindo com o Campeão do Mundo Nicky Hayden na primeira volta, e vai tentar redimir-se do facto atacando a possível subida na classificação. Colin Edwards, Loris Capirossi, Alex Barros e Hayden fecham a lista dos dez primeiros.

Além de Toni Elias, Alex Hofmann foi outro piloto a aproveitar esta paragem para recuperar de uma fractura, neste caso na mão, sofrida nos treinos nos EUA. O germânico foi operado e viu ser-lhe colocada uma placa de metal e 15 parafusos para uma mais rápida recuperação. No entanto, Hofmann não vai poder alinhar na prova sendo substituído por Ivan Silva em Brno.

Com a passagem para o MotoGP confirmada depois de anunciado o acordo com a Yamaha há 15 dias, Jorge Lorenzo continua no bom caminho para a revalidação do ceptro das quarto de litro. O seu mais directo rival, Alex de Angelis, está a 22 pontos e a repetição da vitória de 2006 colocaria o espanhol ainda mais perto da manutenção do título. Perto de se tornar uma figura permanente nas grelhas do próximo ano, Alex Debon fará mais uma presença como wild card pela Aprilia em Brno, o que poderá ser grande ajuda para o companheiro de equipa Lorenzo.

O consistente De Angelis, que ainda não terminou fora dos quatro primeiros este ano, ainda está em busca da primeira vitória da temporada e mantém parca margem sobre Andrea Dovizioso, da Honda. Ambos estão um pouco à frente dos restantes rivais, com a lista do seis primeiros a ser completada por Álvaro Bautista, Hector Barberá e, empatados em pontos, Hiroshi Aoyama e Mika Kallio, os dois homens da KTM.

Gabor Talmacsi lidera as 125cc por apenas dois pontos de margem sobre o companheiro de equipa Hector Faubel. Apenas metade dos seis primeiros do ano passado em Brno continua ainda nas 125cc, com Talmacsi a ser o que obteve o melhor resultado. Faubel não terminou no ano passado, como aconteceu com o jovem da casa Lukas Pesek, sendo que neste momento estão separados por Tomoyoshi Koyama na classificação.

Sergio Gadea e Simone Corsi completam o Top 6 que é composto na sua totalidade por pilotos que já venceram este ano.

Tags:
MotoGP, 2007, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›