Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Brno: As grandes corridas

Brno: As grandes corridas

Este ano será a 38ª vez que um Grande Prémio visita o circuito de Brno. O primeiro GP que teve lugar no traçado checo remonta a 1965, no antigo circuito citadino de 13,94 km.

Este ano será a 38ª vez que um Grande Prémio visita o circuito de Brno. O primeiro GP que teve lugar no traçado checo remonta a 1965, no antigo circuito citadino de 13,94 km. O circuito manteve-se essencialmente o mesmo até 1975, altura em que foi encurtado para 10,92 km, sendo utilizado até 1982, altura em que deixou de ser considerado seguro para Grandes Prémios. O actual traçado foi utilizado para Grandes Prémios pela primeira vez em 1987 e tem sido paragem obrigatória do Mundial de MotoGP todos os anos, excepção feita ao ano de 1992. Dos circuitos que fazem actualmente parte do calendário do Campeonato do Mundo, apenas Assen conta com mais Grandes Prémios que Brno. Originalmente, e até 1991, era denominado Grande Prémio da Checoslováquia, só depois da separação dos dois países e da criação da República Checa é que a prova mudou de nome. Seguem-se alguns momentos altos do prestigiado Grande Prémio de Brno:

1965 Três grandes nomes de todos os tempos do motociclismo ganharam as corridas no primeiro ano da prova; o nove vezes Campeão do Mundo Mike Hailwood ganhou as 500cc numa MV-Agusta, o seis vezes Campeão do Mundo Jim Redman ganhou a prova das 350cc numa Honda e o sete vezes Campeão do Mundo Phil Read ganhou a corrida das 250cc numa Yamaha.

1966 - Mike Hailwood conseguiu o incrível feito de ganhar três corridas de Grande Prémio num só dia, as 500cc, as 350cc e as 250cc, todas elas em Honda. A combinação da distância das três corridas perfez um total de 460 km efectuados ao longo de 2h55m53s.

1967 Um Grande dia para os pilotos britânicos que ganharam quatro corridas; Mika Hailwood triunfos nas 500cc e nas 350cc, Phil Read nas 250cc e Bill Ivy nas 125cc. Esta foi a última vez (num Grande Prémio que não tenha sido alvo de boicote por parte dos principais pilotos) que uma nação triunfou nas quatro classes dos Grandes Prémios num mesmo evento.

1968 Giacomo Agostini saboreou a vitória nas 500cc e 350cc na suas MV Agusta de fábrica. Agostini ganhou um total de sete GPs em Brno o mais bem sucedido piloto no circuito citadino original.

1971 Barry Sheene, na sua primeira temporada completa de Grandes Prémios, vendeu a corrida das 500cc numa Kreidler. Sheene é o único piloto na história dos Grandes Prémios a vencer nas classes de 50cc e 500cc.

1974 - Phil Read, aos comandos de uma MV Agusta, ganhou a corrida das 500cc batendo o companheiro de equipa Franco Bonera. Esta foi a última vez que as máquinas de 4 tempos conseguiram a dobradinha nas 500cc.

1976 O britânico John Newblod tornou-se no primeiro piloto a ganhar as 500cc em Brno aos comandos de uma 2 tempos.

1977 Johnny Cecotto, aos comandos de uma Yamaha, ganhou a última corrida da categoria rainha no circuito citadino de Brno. O circuito foi depois considerado demasiado perigoso para receber máquinas da categoria rainha, apesar das categorias mais pequenas terem continuado a fazer uso da pista durante mais cinco anos.

1982 O último ano de corridas no circuito citadino. Depois deste evento houve um interregno de cinco anos antes dos Grandes Prémios voltarem a Brno para correrem no recém construído traçado.

1987 A primeira corrida de 500cc a ser disputada no novo circuito de Brno foi ganha por Wayne Gardner, que bateu o rival Eddie Lawson.

1988 - Jorge Martinez ganhou as corridas de 125cc e 80cc a caminho da conquista dos ceptros em ambas as classes. Esta foi a última vez que um piloto ganhou duas corridas de Grande Prémio num só dia.

1994 Max Biaggi ganhou as 250cc em Brno aos comandos de uma Aprilia. O Imperador Romano somou mais três triunfos nas quarto de litro em Brno e depois averbou mais três na categoria rainha, tornando-se assim, de entre os actuais militantes do Mundial, no mais bem sucedido piloto no traçado.

1996 Valentino Rossi ganhou as 125cc aos comandos de uma Aprilia a sua primeira vitória de sempre. A corrida de 500cc foi ganha por Alex Crivillé, que bateu o companheiro de equipa Mick Doohan por apenas 0,002s naquele que foi um dos finais mais renhidos de sempre. Apenas o GP de Portugal de 2006 assistiu a igual diferença com Toni Elias a bater Valentino Rossi em cima da linha de meta.

2004 Sebastian Porto ganhou nas 250cc, garantindo assim a 100ª vitória da Aprilia nas quarto de litro.

2006 A vitória de Loris Capirossi no MotoGP no ano passado foi a primeira da Ducati e da Bridgestone no circuito de Brno. Os 15 primeiros pilotos cruzaram a linha no ano passado separados por 29,296s, o Top 15 mais renhido de todos os tempos na categoria rainha.

Tags:
MotoGP, 2007, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›