Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Regresso a Brno para o número da Ducati

Regresso a Brno para o número da Ducati

Um passo à frente de todos, a Ducati Marlboro ruma a um palco de boas memórias este fim-de-semana. A formação de fábrica da marca italiana estreou-se a ganhar em Brno no GP do ano passado fruto da prestação de Loris Capirossi e regressa agora ao circuito checo com uma vantagem de 28 pontos na tabela de equipas e com Casey Stoner isolado na frente da classificação de pilotos.

Um passo à frente de todos, a Ducati Marlboro ruma a um palco de boas memórias este fim-de-semana. A formação de fábrica da marca italiana estreou-se a ganhar em Brno no GP do ano passado fruto da prestação de Loris Capirossi e regressa agora ao circuito checo com uma vantagem de 28 pontos na tabela de equipas e com Casey Stoner isolado na frente da classificação de pilotos.

A Desmosedici GP7 estreou-se oficialmente no ano passado em Brno, nos testes que se seguiram ao GP, e a progressão da máquina que tem dominado a temporada vai ser atestada já a partir de sexta-feira.

"É bom começar a segunda parte da temporada com o Casey na frente da tabela de pilotos e a liderar a classificação das equipas e construtores," comenta o responsável pelo projecto, Lívio Suppo. "Mas temos de continuar concentrados e a trabalhar para darmos ao Casey e ao Loris o melhor que temos em todas as corridas. Ao longo dos últimos quatro anos a segunda parte da temporada tem-nos sido tradicionalmente favorável, mas este ano a nova regra de pneus muda tudo. Por isso, às vezes podemos chegar a um circuito onde esperamos estar competitivos e termos um fim-de-semana difícil, e às vezes temo o oposto, como aconteceu em Laguna Seca, onde tivemos um grande fim-de-semana apesar das dificuldades sentidas no passado. É por isso que vamos atacar uma corrida de cada vez, tal como fizemos na primeira parte da temporada."

"É bom voltar a correr depois de te estados na Austrália durante esta paragem de Verão. Quero continuar a dar o meu melhor e vencer mais corridas, é esse o meu plano," afirmou o líder do Campeonato, Stoner. "Sempre tive bons resultados em Brno, gosto muito do circuito. É mais um daqueles traçados rápidos, um pouco como Mugello e Phillip Island, por isso sempre foi um dos meus preferidos. Mas vamos ter de ver como correm as coisas quando lá chegarmos. Não estou a dizer que vou ser mais rápido que em qualquer outro sítio, mas gosto mesmo do traçado. Olhando para o conjunto Ducati/Bridgestone, o Loris deu-se muito bem em Brno no ano passado, mas também esteve muito bem em Jerez no ano passado e tivemos algumas dificuldades com a pista este ano, por isso vamos ter de esperar para vermos como corre. De todas as formas, estou certo que seremos capazes de encontrar todos os problemas que nos surjam e espero que estejamos fortes outra vez no dia de corrida."

"Sinto-me pronto para começar a segunda parte da época e continuar na boa direcção que encontrámos nas últimas corridas," acrescente o vencedor do ano passado, Capirossi. "É claro que adora Brno, ganhei aqui no ano passado e é uma das minhas melhores pistas. Adoro correr no circuito porque é rápido, com muitas curvas rápidas, mas também bastante complicado com algumas secções a descer e outras a subir, por isso necessitamos de fazer com que a moto funcione bem ao longo de toda a volta, precisamos de uma moto equilibrada para termos confiança. Rodámos com a 800cc pela primeira vez aqui em Brno no ano passado, por isso vai ser interessante regressar porque a moto já evoluiu muito, está muito diferente agora. Também precisamos de boa potência em Brno. Penso que vamos começar os treinos com duas especificações de motor diferentes – a standard e a nova que usámos pela primeira vez há umas corridas atrás – depois decidimos qual a que vamos usar na corrida."

Tags:
MotoGP, 2007, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›