Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner imperial em Brno

Stoner imperial em Brno

O líder do Campeonato do Mundo de MotoGP Casey Stoner voltou a apresentar-se a excelente nível este domingo em Brno vencendo de forma imperial o Cardion ab Grande Prémio da República Checa.

O líder do Campeonato do Mundo de MotoGP Casey Stoner voltou a apresentar-se a excelente nível este domingo em Brno vencendo de forma imperial o Cardion ab Grande Prémio da República Checa. O australiano da Ducati Marlboro, que apenas não encabeçou a tabela de tempos de uma das sessões de treinos, fez excelente largada para assumir a primeira posição e conquistar a segunda vitória consecutiva a partir da pole.

Nos primeiros metros da corrida Stoner ainda contou com alguma oposição de John Hopkins. O anglo-americano da Rizla Suzuki fez magnífica largada da quarta posição para se colocar atrás de Stoner, mas a verdade é que o conjunto Ducati/Bridgestone voltou a mostrar-se muito forte e "Hopper" não conseguiu apresentar os argumentos para bater o australiano o que, no entanto, não o impediu de conseguir o melhor resultado da carreira na categoria rainha.

Enquanto isso, o Campeão do Mundo Nicky Hayden fez uma excelente corrida, redimindo-se assim, e tal como Hopkins, do desaire em casa em Laguna Seca antes da paragem de Verão. O piloto da Repsol Honda teve o seu melhor fim-de-semana da temporada. Largando da segunda posição da grelha o norte-americano cedo ficou isolado na terceira posição para chegar ao final das 22 voltas ao histórico traçado de Brno e garantir o terceiro pódio desta sua azarada temporada de defesa do ceptro.

O companheiro de equipa de Hayden, Dani Pedrosa, viu-se envolvido em animada batalha pela quarta posição na primeira parte da corrida com Randy de Puniet (Kawasaki Racing), Loris Capirossi (Ducati Marlboro) e Valentino Rossi (Fiat Yamaha). Os dois italianos foram os que resistiram durante mais tempo. Contudo, o forte duelo que levaram a cabo entre si acabou por os fazer perder tempo e envolverem-se depois na luta pela quinta posição, aqui já com Chris Vermeulen, da Rizla Suzuki. O duelo manteve-se até final com Vermeulen a levar a melhor sobre Capirossi e Rossi, que na segunda parte da corrida perdeu rendimento dos pneus e terminou em sétimo e sob forte pressão de De Puniet.

Alex Barros, da Pramac d'Antin Ducati, foi nono, enquanto Carlos Checa, da Honda LCR, fechou a lista dos dez primeiros em Brno.

O regressado Toni Elias (Honda Gresini), mas ainda a recuperar da fractura no fémur contraída na Alemanha, logrou terminar em 11º, enquanto o seu companheiro de equipa Marco Melandri não alinhou devido às fortes dores de pescoço de que se começou a queixar ao final da manhã de sexta-feira e que o impediram de alinhar nas restantes sessões de treinos. Para esquecer foi a corrida de Colin Edwards. O segundo piloto da Fiat Yamaha caiu na primeira volta, mas não sofreu consequências físicas, se bem que se viu obrigado a levar a sua M1 para a box e desistir.

Tags:
MotoGP, 2007, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›