Compra de bilhetes
VideoPass purchase

431 quedas no Mundial até ao momento nesta época

431 quedas no Mundial até ao momento nesta época

O Campeonato do Mundo de MotoGP de 2007 assistiu já a 431 quedas até ao momento nas três classes, com vários pilotos a apresentarem-se como repetentes na matéria.

O Campeonato do Mundo de MotoGP de 2007 assistiu já a 431 quedas até ao momento nas três classes, com vários pilotos a apresentarem-se como repetentes na matéria.

No final da temporada passada foram 99 os pilotos deste ano que caíram na categoria rainha, sendo o total neste momento já de 85. As várias corridas molhadas que se realizaram contribuíram significativamente para este número de quedas no MotoGP, em particular os Grandes Prémios de Le Mans e de Donington.

Randy de Puniet, da Kawasaki, é o piloto com mais quedas no MotoGP, nove em corridas e treinos desde o início do ano. O francês foi também o piloto que liderou esta tabela em 2006 com 14 quedas.

Criticado no ano passado pela sua tendência para cair, o actual líder do Campeonato do Mundo Casey Stoner já foi ao tapete por três vezes esta época; uma significativa melhoria que se reflecte nos seus resultados e actual vantagem na classificação.

A classe de 250cc também assistiu a espectaculares quedas nas últimas 11 jornadas e há quatro pilotos já com dois números no total de acidentes. Marco Cimoncelli, cuja último acidente levou, sem intenções, à queda de Taro Sekiguchi no warm-up de domingo em Brno, lidera com 12. Segue-se o trio composto por Karel Abraham, Jules Cluzel e Eugene Laverty. Simoncelli e Cluzel foram também os que mais caíram em 2006 com 17 e 20 quedas, respectivamente.

Apesar dos mais jovem participantes das 125cc terem o maior número de quedas com 176 acidentes, apenas dois pilotos somam mais que dez. Curiosamente, ambos já estiveram no pódio. Randy Krummenacher, da KTM, e Lukas Pesek, da Valsir Seedorf Derbi, são a dupla que lidera depois de Brno.

Tags:
MotoGP, 2007

Outras actualizações que o podem interessar ›