Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Fiat Yamaha quer inverter rumo em Misano

Fiat Yamaha quer inverter rumo em Misano

O candidato ao Campeonato do Mundo de MotoGP Valentino Rossi tem muito em jogo neste regresso a casa em Misano, sabendo bem que tem de inverter a tendência de resultados que tem apresentado para poder apanhar Casey Stoner.

O candidato ao Campeonato do Mundo de MotoGP Valentino Rossi tem muito em jogo neste regresso a casa em Misano, sabendo bem que tem de inverter a tendência de resultados que tem apresentado para poder apanhar Casey Stoner.

Desde a vitória em Assen há três jornadas, o piloto da Fiat Yamaha não subiu ao pódio e cedeu 39 pontos ao australiano de 21 anos. Tirando Laguna Seca, Misano é a única pista do calendário em que Rossi ainda não triunfou, já que nunca correu no traçado no Campeonato do Mundo.

"É sempre muito especial para mim correr em frente dos meus fãs e Misano é muito perto de minha casa, por isso deve ser algo de impressionante!" diz Rossi. "De todas as formas, não chegamos aqui em grande forma depois de algumas corridas desapontantes. Tivemos dois dias de testes em Brno e, apesar de não termos encontrado o "milagre" que esperávamos para os pneus, demos muita informação à Michelin e espero que sejamos capazes de fazer uso delas de forma positiva este fim-de-semana. Vamos ver onde estamos na sexta-feira de manhã."

"Em relação à pista, agora mudaram a direcção pelo que é como uma pista nova para todos. Mesmo o Colin, que a conhece das SBK, acredito que o anterior conhecimento que tem da pista não o vai ajudar, por isso penso que é justo dizer que estamos todos no mesmo barco. Como sempre, vamos fazer o nosso melhor e espero sinceramente que possamos dar algo para festejar aos fãs italianos!"

Rossi tem que recuperar 60 pontos nas últimas seis corridas do ano, uma diferença similar à que anulou no ano passado e o fez chegar à última corrida do ano na frente da classificação.

O companheiro de equipa Colin Edwards vai querer vingar os resultados mais recentes. Ligado a uma mudança para a Tech 3 no próximo ano – algo que ainda tem de ser confirmado por fonte oficial – o norte-americano já esteve no pódio por quatro vezes em Misano nas SBK. O único problema? Fê-lo rodando em sentido contrário aquele em que vai correr no domingo…

"Lembro-me bem do traçado antigo, por isso penso que os meus mecânicos vão ter de me lembrar em que direcção se corre agora!" brinca Edwards. "É claro que conheço bem a pista antiga de quando estava nas SBK e fiz algumas grandes corridas aqui, gostava muito da pista. Contudo, todo esse conhecimento não me valerá de nada agora que vamos rodar em sentido contrário, pelo que olho para ela como um nova pista. É claro que conheço bem a cidade e onde encontrar o melhor gelado, mas penso que vou ter de me esquecer de todo o resto de que me lembro dela!"

"O teste de Brno foi importante para recolhermos mais dados dos pneus porque os novos regulamentos não nos dão grandes oportunidades de testarmos novas coisas num Grande Prémio. Encontrámos um frontal com o qual estou contente e fiz alguns melhoramentos com o traseiro, o que espero que seja uma ajuda. Não estamos à espera de milagres, mas temos de ir passo a passo e manter a fé. Estive em casa uns dias, por isso estou descansado e desejoso por regressar a Misano!"

Tags:
MotoGP, 2007, GP CINZANO DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›