Compra de bilhetes
VideoPass purchase

As dez corridas de Misano

As dez corridas de Misano

Este ano os Grandes Prémios regressam a Misano pela primeira vez desde 1993. Misano já recebeu dez GPs no passado, a primeira das quais em 80. Seguem-se alguns momentos altos dos Grandes Prémios já realizados em Misano.

Este ano os Grandes Prémios regressam a Misano pela primeira vez desde 1993. Misano já recebeu dez GPs no passado, a primeira das quais em 80. Seguem-se alguns momentos altos dos Grandes Prémios já realizados em Misano.

1980 – Kenny Roberts, aos comandos de uma Yamaha, ganhou a primeira corrida de 500cc em Misano e foi seguido pelos pilotos da casa, em Suzuki, Franco Uncini e Graziano Rossi (este último a terminar no pódio pela primeira vez na carreira na categoria rainha). Johnny Cecotto, Campeão do Mundo de 75, ganhou nas 350cc – a última das suas 14 vitórias em GPs. O público da casa teve muito que festejar nas categorias mais pequenas com as 125cc a serem ganhas por Pierpaolo Bianchi e as 50cc por Eugénio Lazzarini.

1982 –Franco Uncini tornou-se no primeiro italiano na categoria rainha a ganhar em Misano, a caminho do título de 500cc.

1984 – Freddie Spencer fez história nas 500cc ao dar à Honda NSR500 a primeira vitória de sempre. A NSR500 viria depois a tornar-se na moto mais bem sucedida de sempre na categoria rainha, venceu um total de 132 Grandes Prémios. O italiano Fausto Ricci averbou a primeira a única vitória nas 250cc, na altura aos comandos de uma Yamaha. Pierpaolo Bianchi ganhou o primeiro Grande Prémio de 80cc da história.

1985 – Eddie Lawson ganhou a última corrida do ano depois de Freddie Spencer ter decidido não correr (tinha o título quase garantido). As classes mais pequenas foram ganhas por dois pilotos que actualmente são donos de equipas – Fausto Gresini nas 125cc e Jorge Martinez nas 80cc.

1986 – Eddie Lawson repetiu o triunfo do ano anterior nas 500cc. Tadahiko Taira venceu nas 250cc com uma Yamaha – o seu único triunfo em Grandes Prémios. August Auinger venceu as 125cc numa moto construída por Bartol, actual engenheiro chefe da KTM.

1987 – A Yamaha voltou a ganhar a corrida de 500cc, desta feita com Randy Mamola aos comandos. Fez-se história nas 250cc quando Loris Reggiani venceu com uma Aprilia – a primeira vitória do construtor italiano.

1989 – Um dos mais controversos Grandes Prémios de todos os tempos resultou numa corrida boicotada pela maior parte dos pilotos de fábrica, acabando por ser ganha por Pier Francesco Chilli numa Honda calçada com borrachas Pireli. O boicote teve lugar depois da corrida ser interrompida pela chuva e os pilotos consideraram a pista demasiado perigosa naquelas condições. Sito Pons venceu as 250cc a caminho do seu segundo título mundial.

1990 – Um grande dia para os pilotos norte-americanos com Wayne Rainey a ganhar as 500cc e John Kocinski as 250cc. Jorge Martinez venceu as 125cc aos comandos de uma JJ Cobas, seguido de Dirk Raudies e Loris Capirossi, que fez a primeira visita da sua carreira ao pódio com apenas 17 anos.

1991 – Os pilotos Honda ganharam nas três classes: Mick Doohan, nas 500cc, Luca Cadalora, nas 250cc, e Fausto Gresini, nas 125cc.

1993 – Esta foi a última vez que se realizou um Grande Prémio em Misano e é recordado pelo acidente que colocou ponto final na carreira de Wayne Rainey, que caiu na 10ª volta enquanto liderava a corrida. O triunfo foi para o companheiro de Rainey, Luca Cadalora.

Tags:
MotoGP, 2007, GP CINZANO DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI

Outras actualizações que o podem interessar ›