Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi triste com desfecho de Misano

Rossi triste com desfecho de Misano

O sonho de vitória de Valentino Rossi no regresso a casa em Misano terminou ao fim de cinco voltas na corrida de domingo, altura em que um problema de motor na Yamaha forçou The Doctor a desistir quando rodava em quarto.

O sonho de vitória de Valentino Rossi no regresso a casa em Misano terminou ao fim de cinco voltas na corrida de domingo, altura em que um problema de motor na Yamaha forçou The Doctor a desistir quando rodava em quarto.

Com milhares de apaixonados fãs italianos a olharem para a pista que fica apenas a alguns quilómetros a terra natal de Rossi, Tavullia, o penta-Campeão do Mundo da categoria rainha começou o Grande Prémio Cinzano de São Marino e da Riviera de Rimini da segunda posição da grelha e com justificadas esperanças de excitante luta pelo pódio com o líder do Campeonato Casey Stoner.

Rossi perdeu uma posição na largada e outra umas curvas mais à frente, primeiro com John Hopkins e depois com Chris Vermeulen a passarem por ele, mas nunca teve a oportunidade de recuperar, já que perdeu potência no novo motor montado da sua YZR-M1 800cc na quinta das 28 voltas da corrida e foi forçado a regressar à box.

Com Stoner a acabar por ganhar a corrida, o resultado de Rossi fez com que o sonho da reconquista do ceptro ficasse ainda mais longe, agora com uma diferença de 85 pontos para o primeiro e quando já só há 125 em disputa nas últimas cinco corridas.

No final da corrida Rossi disse: Era o mesmo motor que usei no teste de Brno e também aqui nos treinos e gostei dele; ainda não sabemos qual o motivo do problema, por isso vamos ter de esperar até que os nossos engenheiros tenham tempo de examinar a situação.

A falha do motor ao fim de cinco voltas é frustrante e um grande azar, principalmente porque hoje tínhamos grandes expectativas e estávamos rápidos nos treinos. Mas quando estas coisas acontecem temos duas hipóteses: desistir ou voltar logo à luta e começar a trabalhar ainda mais arduamente que antes. É isto que vamos fazer na Yamaha; eu, a minha equipa, os engenheiros todos os que estão envolvidos. Ainda temos cinco corridas e vamos continuar a lutar pelos resultados que merecemos. O Stoner voltou a merecer a vitória hoje, por isso parabéns para ele. Temos muito trabalho a fazer antes do Estoril.

Davide Brivio, o patrão da Fiat Yamaha, acrescentou: Utilizámos o novo motor hoje e infelizmente algo correu mal. Pode não ter sido nada relacionado com a nova tecnologia, temos de verificar, mas isto pode acontecer, as corridas são assim. É muito desapontante para todos, especialmente para os milhares de fãs que vieram apoiar o Valentino hoje. Temos de olhar para a frente, para o Estoril, e continuar a trabalhar; sabemos que todos os engenheiros da Yamaha estão muito ocupados a tentar melhorar a nossa situação e temos muita confiança neles.

Tags:
MotoGP, 2007, GP CINZANO DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›