Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi e Ducati apostados em mais sucesso em Motegi

Capirossi e Ducati apostados em mais sucesso em Motegi

A 15ª ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2007 deste fim-de-semana vai assistir ao regresso do veterano italiano Loris Capirossi a uma das suas pistas preferidas e onde venceu nas duas últimas visitas.

A 15ª ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2007 deste fim-de-semana vai assistir ao regresso do veterano italiano Loris Capirossi a uma das suas pistas preferidas e onde venceu nas duas últimas visitas.

Capirossi pode ver o seu companheiro de equipa Casey Stoner sagrar-se o segundo mais jovem Campeão do Mundo de sempre da categoria rainha no domingo e a Ducati está também muito bem posicionada para a conquista do primeiro ceptro na categoria em Motegi, pista onde já contam com grandes sucessos.

A Ducati lidera a tabela de construtores com significativa margem e a Ducati Marlboro ruma ao ceptro de equipas graças à fenomenal temporada que Stoner está a levar a cabo, mas o australiano está bem consciente da contribuição dada por Capirossi nas últimas temporadas do MotoGP – onde as vitórias em Motegi em 2005 e 2006 foram dois dos pontos altos do desenvolvimento.

Há dois anos Capirossi tornou-se no primeiro piloto a ganhar um Grande Prémio da categoria rainha no Japão numa moto não nipónica. Depois de largar da pole conquistou o primeiro triunfo da temporada de 2005 na sequência da animada luta com os compatriotas Max Biaggi e Marco Melandri pela liderança da corrida – Melandri e Valentino Rossi acabaram por colidir e ficaram fora da corrida, o que colocou os festejos de Rossi pela conquista do ceptro em espera.

Foi também a primeira vitória da Ducati nesse ano, bem como a primeira da Bridgestone desde o triunfo no mesmo traçado no ano anterior com Makoto Tamada.

Em 2006 Capirossi repetiu o feito de 2005, de novo a partir da pole, mas só importunado por Melandri nos momentos iniciais antes de se isolar e nunca mais olhar para trás a caminho da terceira vitória da temporada.

Essas vitórias foram também cruciais para o desenvolvimento do projecto de MotoGP da Ducati – e na verdade o início do progresso regular da Bridgestone até ao ponto em que se encontra neste momento.

Desejoso pela corrida de domingo, Capirossi comentou: "As minha vitórias de 2005 e 2006 em Motegi serão sempre recordações especiais para mim. Vencer uma corrida no Japão foi muito bom para a Ducati, mas duas consecutivas foi incrível! Espero que sejamos capazes de mais um bom resultado este ano porque nas últimas corridas tenho sentido muitas dificuldades. Mas nunca desisto e vou dar o melhor, como o faço em todas as corridas, até ao final do ano."

O piloto de 34 anos continuou dizendo: "A Ducati e a Bridgestone devem trabalhar bem em Motegi, é o tipo de pista que funcionou muito bem com o nosso conjunto no passado, se bem que as 800cc são diferentes das 990cc, é claro. Aceleração e travagem são os factores mais importantes de performance nesta pista e temos um motor rápido e bom sistema de travagem de motor. Os Bridgestone também trabalham muito bem em Motegi. E gosto do circuito – apesar de ser só acelerador a fundo, travagem, acelerador a fundo, travagem – por isso estou desejoso pelo fim-de-semana."

Tags:
MotoGP, 2007, A-STYLE GRAND PRIX OF JAPAN, Loris Capirossi

Outras actualizações que o podem interessar ›