Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa lidera no primeiro em território Honda

Pedrosa lidera no primeiro em território Honda

Ainda com pequena possibilidade matemática de se tornar no Campeão do Mundo de MotoGP de 2007, Dani Pedrosa foi o piloto mais rápido no primeiro dia de acção do A-Style Grande Prémio do Japão, em Motegi.

Ainda com pequena possibilidade matemática de se tornar no Campeão do Mundo de MotoGP de 2007, Dani Pedrosa foi o piloto mais rápido no primeiro dia de acção do A-Style Grande Prémio do Japão, em Motegi. O espanhol, que também fez surpreendente anúncio hoje dando a saber que vai continuar a ser piloto Honda pelo menos por mais dois anos, retirou segundo e meio ao tempo que tinha assinado de manhã com uma volta de 1m47,865s à pista originalmente desenhada pela Honda para testar as suas motos.

O ritmo foi fortíssimo, tal como o calor que se fez sentir no Extremo Oriente, e o tempo de Pedrosa foi mais rápido que a pole estabelecida por Loris Capirossi no ano passado. Com os tempos a entrarem já em marcas históricas, a qualificação de amanhã deverá ser uma das mais disputadas da época.

Até ao momento Pedrosa tem sido o único piloto a rodar abaixo do segundo 48, com o seu mais próximo rival a ser Randy de Puniet e quatro décimos de segundo. O resto dos seis primeiros ficou separado apenas por um décimo de segundo, todos eles a fazerem uso de pneus Bridgestone à excepção de Pedrosa.

Marco Melandri, que subiu ao pódio no ano passado e faz a sua última corrida no Japão com a Gresini Honda este fim-de-semana, John Hopkins, o possível Campeão do Mundo Casey Stoner e o wild card japonês Kousuke Akioshi compõem a referida lista dos seis primeiros. Stoner necessita de terminar à frente de Valentino Rossi para conquistar o ceptro de 2007 este fim-de-semana e uma repetição das excelentes prestações de Loris Capirossi nas duas últimas temporadas em Motegi permitir-lhe-ia concluir o ano em estilo, mas vai ter de melhorar o ritmo se quiser garantir a coroa com uma vitória. Akiyoshi impressionou aos comandos da Suzuki GSV-R800, máquina com que já tinha rodado em Jerez.

O vencedor de Motegi dos dois últimos anos, Loris Capirossi, ficou à porta dos seis primeiros e fez incursão por fora da pista na sessão da tarde. O italiano não foi o único a ir à gravilha; o Campeão do Mundo Nicky Hayden, que terminou em nono atrás de Anthony West, foi o outro piloto a sair de pista. O homem da casa Makoto Tamada completou a lista dos dez primeiros e foi o melhor entre os Dunlop.

Valentino Rossi voltou a ter problemas mecânicos com a Yamaha M1, regressando à box ao cabo de 20 minutos com fumo branco a sair da traseira da moto. O italiano voltou à pista pouco depois sem ter mais problemas.

A-Style Grande Prémio do Japão
MotoGP - FP2

1. Dani Pedrosa (Repsol Honda) - 1'47.865
2. Randy de Puniet (Kawasaki Racing) - 1'48.254
3. Marco Melandri (Honda Gresini) - 1'48.351
4. John Hopkins (Rizla Suzuki MotoGP) - 1'48.361
5. Casey Stoner (Ducati Marlboro) - 1'48.444
6. Kousuke Akiyoshi (Rizla Suzuki MotoGP) - 1'48.457
7. Loris Capirossi (Ducati Marlboro) - 1'48.499
8. Anthony West (Kawasaki Racing) - 1'48.529
9. Nicky Hayden (Repsol Honda) - 1'48.552
10. Makoto Tamada (Dunlop Yamaha Tech 3) - 1'48.581

Tags:
MotoGP, 2007, A-STYLE GRAND PRIX OF JAPAN, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›