Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Orgulho e recordes pessoais em jogo para Rossi

Orgulho e recordes pessoais em jogo para Rossi

Pela primeira vez na carreira de Valentino Rossi o italiano vai fazer as últimas três corridas do ano sem a possibilidade de se sagrar Campeão do Mundo. Contudo, como o piloto de fábrica da Yamaha explica, ainda há muita motivação para o cinco vezes Campeão do Mundo de MotoGP que agora ruma ao GMC Grande Prémio da Austrália neste fim-de-semana.

Pela primeira vez na carreira de Valentino Rossi o italiano vai fazer as últimas três corridas do ano sem a possibilidade de se sagrar Campeão do Mundo. Contudo, como o piloto de fábrica da Yamaha explica, ainda há muita motivação para o cinco vezes Campeão do Mundo de MotoGP que agora ruma ao GMC Grande Prémio da Austrália neste fim-de-semana.

"O nosso campeonato terminou, mas quero ganhar e encontrar forma de terminar a temporada de boa maneira," diz Rossi. "O Japão foi muito desapontante, mas tivemos um bom teste na segunda-feira depois da corrida e encontrámos algumas coisas que esperamos serem úteis para as ultimas três corridas. Phillip Island é uma das minhas pistas preferidas, ganhei aqui várias vezes e tenho boas recordações, especialmente de quando ganhei o meu primeiro Campeonato com a Yamaha em 2004."

"Estou determinado a fazer uma boa corrida. É particularmente importante porque muitos dos meus mecânicos são australianos, por isso é uma corrida caseira para eles. Adoro o circuito e Phillip Island é um local especial; estou mesmo desejoso pela corrida. É uma pena não podermos manter o Campeonato em aberto, mas já não temos pressão, vamos fazer uma corrida de cada vez e tentar ganhar as três."

Rossi ganhou já por cinco vezes em Phillip Island na categoria rainha e mais um triunfo faria com que se torna-se no segundo traçado onde conta com seis triunfos, como já acontece com Mugello.

O companheiro de equipa Colin Edwards também espera resultado positive neste final de época e tem um demónio a exorcizar na Austrália. O texano foi o primeiro a cair no ano passado quando a corrida passou a molhada; uma das poucas quedas do veterano da Yamaha.

"Motegi foi um pequeno desastre para toda a equipa, mas resolvemos tudo logo na segunda-feira com o teste e conseguimos bons progressos com os pneus," disse Edwards. "A ideia era encontrar algo que nos ajudasse para as últimas três corridas e parece que conseguimos dar bons passos em frente. Phillip Island é provavelmente uma das minhas pistas favoritas e é sempre muito bom rodar com uma máquina de MotoGP lá."

"Conheço-a muito bem porque rodei lá com as SBK e sempre me dei bem. No ano passado as coisas correram mal no molhado, por isso, com sorte o tempo estará melhor este ano, merecemos uma oportunidade nessa área! Sei que o disse vezes sem conta, mas estou determinado a voltar ao pódio antes do final da temporada e acredito que tenho o que é preciso para o fazer."

Tags:
MotoGP, 2007, GMC AUSTRALIAN GRAND PRIX, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›