Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bridgestone não vai descansar antes de Valência

Bridgestone não vai descansar antes de Valência

Por entre a especulação que envolve Valentino Rossi, um novo regulamento de pneus e o desafio de novo asfalto em Sepang, a Bridgestone assinou a oitava dobradinha de 2007 na Malásia. O fabricante japonês de pneus voltou a contar com a ajuda da vitória do imparável Casey Stoner, enquanto Marco Melandri se juntou ao australiano na segunda posição do pódio, a terceira dobradinha consecutiva da Bridgestone.

Por entre a especulação que envolve Valentino Rossi, um novo regulamento de pneus e o desafio de novo asfalto em Sepang, a Bridgestone assinou a oitava dobradinha de 2007 na Malásia. O fabricante japonês de pneus voltou a contar com a ajuda da vitória do imparável Casey Stoner, enquanto Marco Melandri se juntou ao australiano na segunda posição do pódio, a terceira dobradinha consecutiva da Bridgestone.

A marca nipónica também garantiu os dois primeiros postos em Valência no ano passado graças a Troy Bayliss e Loris Capirossi, mas o director do programa de desenvolvimento de borrachas de competição, Tohru Ubukata, deixou claro que não se podem dar ao luxo de descansar à sombra dos louros se quiserem terminar a sua melhor temporada em beleza.

Tenho admitir que os nossos rivais voltaram a mostrar-se muito fortes, por isso temos de dar o máximo para mantermos o nosso elevado nível de desenvolvimento e terminarmos a temporada em alta, explicou o homem da Bridgestone depois da corrida de Sepang.

A corrida de domingo foi disputada com as mais elevadas temperaturas de asfalto do fim-de-semana e penso que os nossos pneus funcionaram muito bem. A aderência e a consistência dos pneus frontais e traseiros ao longo de toda a corrida foram muito satisfatórias, mas foi uma surpresa ver o quão próximos e competitivos estiveram todos os pilotos na corrida. Muitos pilotos estabeleceram os seus melhores tempos no último terço da corrida, o que é incrível dadas as condições. O novo asfalto representou um grande desafio para os fabricantes de pneus em Sepang, por isso estou contente por termos assistido a mais uma vitória do Casey, com o Marco tão próximo.

Hiroshi Yamada, uma das principais figuras da Bridgestone este ano, também enfatizou a proximidade dos dois principais rivais na guerra de pneus na Malásia.

O pelotão estava muito equilibrado, por isso todos devem ser elogiados pelo excelente trabalho levado a cabo em Sepang, explicou o responsável do departamento de competição em duas rodas, sem deixar de olhar para a importante corrida de Valência.

Foram duas trabalhosas e exigentes semanas seguidas, por isso obrigado à equipa Bridgestone pelo elevado nível do trabalho levado a cabo. Agora vamos ter de continuar a dar o máximo para prepararmos o GP de Valência dentro de cerca de duas semanas e que será a nossa 100ª corrida de MotoGP.

Tags:
MotoGP, 2007, POLINI MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›