Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden procura justo prémio em Valência

Hayden procura justo prémio em Valência

Por motivos óbvios, Nicky Hayden conta com boas memórias de Valência depois de ter conquistado o título o ano passado na pista espanhola. A defesa do ceptro do norte-americano pode não ter durado todo o ano, mas o piloto de 26 anos ainda tem muitos motivos para dar o máximo para vencer este fim-de-semana, algo que Hayden ainda não conseguiu fazer esta época e pelo qual tem trabalhado arduamente.

Por motivos óbvios, Nicky Hayden conta com boas memórias de Valência depois de ter conquistado o título o ano passado na pista espanhola. A defesa do ceptro do norte-americano pode não ter durado todo o ano, mas o piloto de 26 anos ainda tem muitos motivos para dar o máximo para vencer este fim-de-semana, algo que Hayden ainda não conseguiu fazer esta época e pelo qual tem trabalhado arduamente. E com nada a perder numa pista onde esteve no pódio nos dois últimos anos é muito provável que se apresente com espírito muito aguerrido.

"Bem, estamos a caminho de Valência e quase não consigo acreditar que é a última corrida do ano. Estou mesmo desejoso por este fim-de-semana, mas não estou contente com o facto da temporada estar a acabar porque só nas últimas corridas é que temos conseguido um bom ritmo. De certa forma gostava que a temporada estivesse a começar e não a acabar," diz "Trick Daddy" que faz este domingo a última corrida com o número 1.

"É claro que a temporada não correu como queria e gostava de ter mais corridas. Mesmo assim, estou desejoso por regressar a Valência porque é um circuito especial para mim depois de tudo o que se passou no ano passado. É uma pista onde me tenho dado bem no passado, por isso vou tentar terminar em grande estilo. Será a minha última corrida com o número 1 este ano, por isso que dar o máximo, como sempre. Para ser honesto, estou mesmo ansioso pelo início do fim-de-semana."

O companheiro de equipa Dani Pedrosa ainda tem a possibilidade matemática de chegar ao segundo posto no Campeonato do Mundo de MotoGP, mas as probabilidades estão contra ele. O rival Valentino Rossi necessita apenas de um só ponto para confirmar a actual posição, enquanto Pedrosa tem de ganhar e esperar que Rossi termine fora dos pontos.

Correr em casa pode parecer uma vantagem para o espanhol, mas Pedrosa ainda não conseguiu ganhar em Espanha nas cinco oportunidades que já teve de o fazer desde que ingressou na categoria rainha nas três pistas que fazem parte do calendário: Jerez, Barcelona e Valência.

"Valência é uma corrida caseira para mim e a atmosfera é sempre muito especial por causa disso mesmo e também por ser a última prova da época. A motivação de todos será muita e é a última oportunidade de se conseguir um bom resultado e terminar o ano em alta – o meu objectivo é ganhar aqui e também divertir-me ao longo do fim-de-semana," diz o piloto da Repsol Honda. "Temos apresentado grande potencial nas últimas corridas, mas temos tido problemas em algumas áreas, por isso espero que este fim-de-semana tudo correr bem e que sejamos premiados como acredito que merecemos. O desenho da pista em si não é dos meus preferidos, mas já me dei bem lá no passado e é um traçado onde tenho muita confiança. Combinando isto com a recepção do público, faz com que seja uma ocasião muito especial para mim e estou desejoso por correr. Espero que sejamos capazes de dar aos fãs bons motivos para festejarem."

Tags:
MotoGP, 2007, GRAN PREMIO bwin.com DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Nicky Hayden

Outras actualizações que o podem interessar ›