Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden termina teste da Malásia à frente dos rivais

Hayden termina teste da Malásia à frente dos rivais

O Campeão do Mundo de 2006 Nicky Hayden deixou a Malásia muito confiante depois de concluir o último dia de testes em Sepang com positiva margem de 1,219s sobre os demais rivais, nomeadamente sobre o compatriota Colin Edwards, da Yamaha Tech 3, que foi segundo.

O Campeão do Mundo de 2006 Nicky Hayden deixou a Malásia muito confiante depois de concluir o último dia de testes em Sepang com positiva margem de 1,219s sobre os demais rivais, nomeadamente sobre o compatriota Colin Edwards, da Yamaha Tech 3, que foi segundo.

Apesar de Hayden ter encabeçado a tabelas de tempos graças a uma volta em pneus de qualificação, com o tempo de 2m00,592s, está muito satisfeito depois do árduo trabalho levado a cabo que lhe valeu rodar em 0,013s abaixo do recorde da pole estabelecido por Valentino Rossi com uma 990cc.

Terminando 0,6s mais rápido que o ritmo de sexta-feira – e depois de ter motor uma cobra na pista de Sepang – a prestação de Hayden no sábado viu-o regressar em grande estilo enquanto se concentrou no teste de pneus para a Michelin aos comandos da nova RC212V.

Foi sem surpresas que Hayden se revelou também o piloto que mais voltas efectuou ao traçado – 85 no sábado – e tendo ainda mais um teste em Jerez no final do mês e no qual contará com a companhia de Dani Pedrosa.

A viagem até à Malásia também foi bem sucedida para Colin Edwards, que terminou com o Segundo melhor registo depois de testar a nova Yamaha M1. O experiente texano rodou em 2m01,811s, uma melhoria significativa em relação aos 2m03,013s assinados no GP da Malásia, então com a Fiat Yamaha.

O terceiro tempo ficou a cargo de mais um norte-americano, John Hopkins que sofreu queda inconsequente no sábado e está a adaptar-se bem à sua nova equipa, a Kawasaki Racing.

O italiano Andrea Dovizioso, vindo das 250cc, fez grandes progressos na adaptação às 800cc ao longo das últimas 72 horas, nomeadamente no que respeita à nova equipa JiR Team Scot, terminando o teste em quarto, meio segundo mais rápido que o sétimo, o Campeão do Mundo de 250cc Jorge Lorenzo que também passou para o MotoGP.

Chris Vermeulen foi quinto, tendo também sofrido queda no sábado, e terminou à frente do novo companheiro de equipa na Rizla Suzuki Loris Capirossi em termos de tempos.

Anthony West (Kawasaki) foi oitavo e Randy de Puniet (Honda LCR) nono, ambos também a sofrerem quedas, com o francês a lesionar o polegar direito, tendo de ser alvo de mais exames médicos.

Apesar do inglês James Toseland ter sido apenas décimo, conseguiu apresentar tempos respeitáveis aos comandos da M1 da Yamaha Tech 3.

Teste de Inverno da Malásia – 3º Dia – tempos oficiais
: 1. N. HAYDEN, Repsol Honda - 2'00.592 (85 laps)
2. C. EDWARDS, Yamaha Tech3 - 2'01.811 (45)
3. J. HOPKINS, Kawasaki Racing - 2'02.047 (46)
4. A. DOVIZIOSO, JiR Team Scot - 2'02.128 (50)
5. C. VERMEULEN, Rizla Suzuki - 2'02.447 (62)
6. L. CAPIROSSI, Rizla Suzuki - 2'02.587 (72)
7. J. LORENZO, Fiat Yamaha - 2'02.643 (83)
8. A. WEST, Kawasaki Racing - 2'02.659 (74)
9. R. DE PUNIET, Honda LCR - 2'02.700 (60)
10. J. TOSELAND, Yamaha Tech3 - 2'03.550 (53)

Tags:
MotoGP, 2007, Nicky Hayden

Outras actualizações que o podem interessar ›