Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Repsol KTM estreia-se no teste de Jerez

Repsol KTM estreia-se no teste de Jerez

Os pilotos de 250cc e 125cc Julián Simón e Esteve Rabat, apoiados pela Repsol, deram os primeiros passos com a KTM na segunda-feira em Jerez, ambos a estrearem-se aos comandos das suas novas máquinas austríacas a serem utilizadas em 2008.

Os pilotos de 250cc e 125cc Julián Simón e Esteve Rabat, apoiados pela Repsol, deram os primeiros passos com a KTM na segunda-feira em Jerez, ambos a estrearem-se aos comandos das suas novas máquinas austríacas a serem utilizadas em 2008.

Entre um grupo de 23 pilotos das quarto de litro e das monocilíndricas presentes no traçado andaluz, a dupla espanhol teve dia produtiva com a recém formada Repsol KTM e ao longo das próximas 48 horas vão continuar a trabalhar nas próximas 48 horas para darem continuidade ao processo de descoberta de uma base de afinação confortável para as suas montadas.

Já foram feitos ajustes ao guiador e aos poisa pés, com os pilotos a acostumarem-se às características das suas novas máquinas enquanto fazem algumas importantes voltas ao circuito de Jerez.

Assim que terminou o trabalho ontem Simón explicou: Foi o meu primeiro contacto com a KTM. Saí de pista uma vez quando estava a tentar habituar-me e depois é que vi que a potência do motor é maior que a da minha moto do ano passado. Por outro lado, de momento tenho alguns problemas com o chassis, principalmente na entrada em curva.

Tendo terminado em décimo na tabela de tempos das 250cc que contava com 15 nomes, Simón comentou: Vamos mudar a minha posição de pilotagem na moto, já que não me sinto totalmente confortável. No primeiro dia é claro que os tempos são um pouco lentos, mas não pensei muito nisso também. Estou certo que vamos terminar estes testes talvez não com grandes tempos, mas com muita confiança na moto, o que é o nosso objectivo.

Ao cabo de 74 voltas Rabat estava também contente com o dia de trabalho com a KTM 125cc, referindo também o elevado nível de potência da nova moto depois de terminar em sexto entre um total de oito pilotos nas 125cc.

Foi o primeiro dia e a verdade é que estava desejoso por rodar com esta nova moto, revelou Rabat. Testei durante todo o dia, tentando habituar-me à moto, já que é muito diferente da Honda e tivemos de mudar algumas coisas para me sentir mais confortável.

De forma geral foi tudo muito positive, o simples facto de estar aqui a testar a moto em Jerez é positivo, apesar de ainda termos de melhorar muito. Acima de tudo, alguns aspectos do chassis, uma vez que ainda não tenho o equilíbrio necessário entre pilotagem e conforto e a entrada nas curvas com a confiança necessária. A moto é muito mais rápida.

Tags:
250cc, 2007

Outras actualizações que o podem interessar ›