Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Preziosi explica filosofia de desenvolvimento da Desmosedici GP8

Preziosi explica filosofia de desenvolvimento da Desmosedici GP8

Depois do melhorado protótipo da Ducati 800cc para 2008 se ter estreado na terça-feira em Jerez, o homem responsável pela evolução da nova máquina, Filippo Preziosi, falou com o motogp.com sobre a forma como melhorou uma moto já de si bem sucedida para a próxima campanha.

Depois do melhorado protótipo da Ducati 800cc para 2008 se ter estreado na terça-feira em Jerez, o homem responsável pela evolução da nova máquina, Filippo Preziosi, falou com o motogp.com sobre a forma como melhorou uma moto já de si bem sucedida para a próxima campanha.

O Director Técnico da Ducati Corse produziu uma moto vencedora para Casey Stoner e para a Ducati Marlboro no ano passado com a impressionante Desmosedici GP7, por isso a tarefa com a GP8 é continuar à frente das marcas nipónicas que tudo vão fazer para suplantar a marca italiana.

Depois de Stoner encabeçar as tabelas de tempos no final do primeiro de três dias de testes no Sul de Espanha com a nova moto, que por fora parece muito similar à GP7, Preziosi comentou: "Para desenvolver esta nova moto optámos por ouvir a opinião dos pilotos sobre os pontos fortes e fracos da moto antiga para precisarmos as áreas onde devemos centrar as nossas atenções."

"Comparando com outros construtores, não temos os mesmos recursos para fazer uma moto totalmente nova todos os anos, mas temos uma grande base de trabalho para começarmos e definimos vários aspectos – motor, chassis, electrónica. O nosso grupo de engenheiros começou com uma base muito sólida."

Quando questionado sobre eventuais preocupações ou satisfação pelos esforços feitos noutros lados do paddock para igualarem a prestação da Desmosedici GP8, Preziosi comentou: "Honestamente, tenho orgulho e sinto alguma preocupação pelos esforços dos nossos rivais no desenvolvimento das novas máquinas."

"Sabemos que a Honda está a tentar uma rotação mais alta – um dos pontos fortes da Desmosedici e da Yamaha, as jantes deles são similares às da Ducati. Por isso, sim, temos orgulho em ver os fabricantes japoneses a trabalharem arduamente, já que têm muitos mais recursos, mas sabemos que se chegarem aos seus objectivos serão rivais muito perigosos."

Tags:
MotoGP, 2007

Outras actualizações que o podem interessar ›