Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Herring explica novos processos da RC212V

Herring explica novos processos da RC212V

Depois da apresentação da RC212V em Valência, dias depois de Dani Pedrosa ter ganho em casa na última ronda do ano, o pequeno piloto catalão e o seu companheiro de equipa Nicky Hayden fizeram excelente progressos com os melhorados protótipos de MotoGP nos últimos testes do ano.

Depois da apresentação da RC212V em Valência, dias depois de Dani Pedrosa ter ganho em casa na última ronda do ano, o pequeno piloto catalão e o seu companheiro de equipa Nicky Hayden fizeram excelente progressos com os melhorados protótipos de MotoGP nos últimos testes do ano.

Felizmente, para o director desportivo da HRC Chris Herring a dupla de fábrica esteve consistentemente rápida em Jerez na semana passada – Pedrosa usou a moto de 2007 para liderar a tabela de tempos no último dia, mas rodou também rápido com a nova versão da moto, tal como fez Hayden.

"A nova moto ainda está muito a dar os primeiros passos em termos de motor, pneus, válvulas e tudo, por isso ainda temos longo período de trabalho pela frente, pelo menos até ao próximo teste de Sepang," explicou o experiente inglês ao motogp.com no circuito do Sul de Espanha.

"Mas de forma geral penso que todos estão razoavelmente contentes com o progresso até ao momento e os técnicos ainda estão a aprender a electrónica, mapeamento de combustível e por aí adiante," continuou Herring. "É claro que os pilotos também se estão a habituar a tudo isso e às mudanças que podem ser feitas. Ao mesmo tempo, a Michelin está a dar o melhor para incrementar os seus produtos para o próximo ano e de momento, façamos figas, está tudo a correr dentro do planeado."

No que toca a eventuais diferenças entre as montadas de 2008 de Pedrosa e Hayden, Herring revelou que neste momento estão ao mesmo nível, tirando, é claro, pequenas diferenças necessárias devido às diferenças de estatura dos dois pilotos e respectivos estilos de pilotagem.

"São preferências dos pilotos, por isso estamos a trabalhar na posição de pilotagem e afinação da moto. As máquinas são muito, muito semelhantes e os motores são idênticos e agora estamos prestes a começar testes muito importantes. Penso que Valência foi uma primeira experiência da nova moto e agora é que estamos a começar o trabalho a sério!"

Para ver a entrevista de Herring na íntegra siga o link de vídeo à esquerda.

Tags:
MotoGP, 2007

Outras actualizações que o podem interessar ›