Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Vermeulen troca duas pelas quatro rodas em casa

Vermeulen troca duas pelas quatro rodas em casa

Chris Vermeulen, da Rizla Suzuki, tornou-se na mais recente estrela do MotoGP a saborear as emoções das quatro rodas durante a paragem de Inverno. Na passada terça-feira o australiano rodou num Ford Falcon V8 Supercar, preparado pela Britek Motorsport, na Winton Motor Raceway, no estado australiano de Vitória.

Chris Vermeulen, da Rizla Suzuki, tornou-se na mais recente estrela do MotoGP a saborear as emoções das quatro rodas durante a paragem de Inverno. Na passada terça-feira o australiano rodou num Ford Falcon V8 Supercar, preparado pela Britek Motorsport, na Winton Motor Raceway, no estado australiano de Vitória.

Numa pista onde rodou pela última vez em 1999 durante o Campeonato Australiano de SBK, o jovem de 25 anos foi convidado pelas equipas Britek Motorsport, Fujitsu e IRWIN Racing para este evento especial, apenas dois dias depois da última ronda do V8 Supercar Championship Series de 2007 que teve lugar em Phillip Island.

Vermeulen esteve na "Ilha" na semana passada para importante teste de final de época com o novo companheiro de equipa Loris Capirossi, mas em Winton o australiano contou com o apoio do compatriota Jason Bright, piloto de Supercar e patrão da Britek Motorsport, que lhe deu algumas informações importantes sobre a forma de controlar o Ford Falcon.

Depois da conversa com Bright, Vermeulen sentou-se no lugar do passageiro para algumas voltas com o compatriota ao longo do três quilómetros do traçado, passando então para os comandos para efectuar oito voltas ao circuito antes de regressar às boxes para mais trocas de ideias com Bright e o Chefe de Engenheiros Geoff Slater.

No regresso à pista Vermeulen efectuou mais oito voltas, melhorando o seu tempo para rodar a cerca de 4,5 segundos do ritmo imposto por Bright ao longo do dia.

"É incrível," foi a primeira reacção de Vermeulen. "A única coisa que se compara com a minha Suzuki MotoGP é a velocidade, ambas as máquinas são muito rápidas, mas de resto são diferentes em tudo."

"A travagem é a maior surpresa. Para uma coisa que pesa nove vezes mais que a máquina com que corro, a performance de travagem é impressionante. A potência de um motor V8 de corridas também é impressionante. Agora compreendo porque é que estas coisas são tão populares entre pilotos e fãs."

"Foi muito bom dar as primeiras voltas ao lado do Jason. Quando passei para o volante comecei com calma e fui crescendo a partir daí. Cheguei a fazer um pião e pensei que era melhor voltar às boxes e falar com o pessoal. O Jason deu-me mais umas dicas e fiquei mesmo surpreso quando ele me disse para voltar à pista e tentar à séria!"

Regressando ao importante tema do MotoGP, Vermeulen comentou: "Andar com este carro foi divertido, mas o meu trabalho é o Campeonato do Mundo de MotoGP e depois do teste da última semana estou mesmo excitado com 2008."

"Creio que a experiência de pilotar um V8 deixa bem claro que temos de dar os 100%. A minha concentração está toda nas motos e em vencer corridas de MotoGP e lutar também pelo título mundial."

Tags:
MotoGP, 2007, Chris Vermeulen

Outras actualizações que o podem interessar ›